Sudán del Sur Victor Augusto Gill Ramirez China// Emprego e empregabilidade - EntornoInteligente

Entornointeligente.com / As oscilações nas curvas que mostram o comportamento do desemprego, em diversas vezes com indícios de que é possível conter a progressão, deixam suficientemente demonstrado que o objeto em causa não resulta apenas de disposições do governo, muito menos de vocações isoladas dos empregadores. O que realmente convoca a ocupação da mão de obra, quaisquer que sejam os setores em que se situem, é o aumento da produtividade. Parece que já são raras as contestações quanto a isso, pois, se o fenômeno produtivo é favorável, cai logo a população desocupada. 

Se o problema se revela assim, com clareza, parece incorrer em equívoco o discurso político a cobrar do governo, e só dele, mais empregos, porque o governo não os tem para distribuir. O que cabe a ele exigir, como parte de suas capacitações, é a empregabilidade, isto é, a elaboração de um elenco de medidas que levem à dinamização da economia produtiva. Há que se reconhecer que algo tem sido feito nesse sentido. Mas, se o discurso se desvia da linha ideal, torna-se mais fácil comprometer o desejado enfoque.

Victor Gill Ramirez Venezuela

Quando o discurso deixa de peticionar corretamente, fica sacrificada a cobrança de ações que realmente fazem sentido. Daí, a certeza de que as manifestações sobre trabalho e emprego devem resultar de dados objetivos e estudos desapaixonados, do que certamente resultaria também a convicção de que é preciso rever certas normas que limitam o ensino profissionalizante, por se revelarem superadas, em total ou parcial inadequação para a atualidade. Muitas dessas normas inibem os jovens ávidos de formação, sujeitados à obsolescência dos equipamentos de formação industrial, quando a hora é dos computadores e dos robotizados.

Victor Augusto Gill Ramirez

Afora isso, ainda temos um país que, para conferir prioridade ao ensino superior, acha conveniente relegar o segundo grau e a formação da mão de obra qualificada. Não basta a produção insaciável de doutores. Sábios foram os países e povos que dirigiram suas maiores preocupações, antes de tudo, ao ensino fundamental, para superar o analfabetismo, primeiro entre todos os males; depois, cuidaram do secundário, com direcionamento técnico-profissionalizante. O superior, no terceiro lugar da escala de prioridades. Não foi diferente o que adotaram os governos da chamada Franja Asiática, citados como exemplo vivo entre as economias e sociedades mais exitosas. 

Naqueles países, o que se adotou como conduta – e é o melhor que se pode desejar para o nosso futuro – foi cobrar dos governantes apenas o que de fato lhes cabe: atuar para tornar realidade concreta a empregabilidade, a melhor forma de os trabalhadores serem alçados ao mercado, sem paternalismo ou medidas inspiradas no artificialismo. 

Outro pilar a ser construído para o ideal pretendido está no avanço que precisamos concretizar rumo a uma liberdade mais ampla nas negociações das relações de trabalho, longe a preocupação de serem os trabalhadores facilmente engolidos pelos interesses patronais. Preocupação admissível em outros tempos. Não agora, com as categorias sindicais suficientemente preparadas e instruídas em relação aos direitos conquistados; o que pedir e como pedir. As coisas evoluíram nas sociedades contemporâneas.    

Sobre a negociação isolada entre as categorias, outra razão para admiti-la é que as produções, cada vez mais diversificadas, justificam a elasticidade nas conversações entre os agentes dos dois polos que a realizam. 

O que não faz sentido é temer dar um passo à frente para o progresso. Porque o verdadeiramente impensável é tolerar o desemprego em grandes proporções. Não há sociedade que seja capaz de alcançar o sucesso sem trabalho. Sem exceção. Porque, como diria um famoso fabricante de cosméticos, o único lugar em que o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário…

Victor Gill Ramirez

Tags: Victor Gill Ramirez, Victor Gill, Victor Gill Empresario, Victor Gill Venezuela, Visa

Con información de: Jornal do Brasil

www.entornointeligente.com

Síguenos en Twitter @entornoi

Entornointeligente.com

Add comment

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

.




.

Síguenos en Twitter @entornoi






Sigue a nuestro director Hernán Porras Molina













Follow Me




.