Sesc traz o projeto 'Olhares Sobre o Circo - EntornoInteligente

Entornointeligente.com / Correio Popular / Apresentar as diferentes perspectivas da linguagem artística contemporânea do circo é a proposta do Sesc Campinas com o projeto ‘Olhares Sobre o Circo’, que ocupa vários espaços da unidade com apresentações, intervenções e vivências. As atrações fazem parte de dramaturgias e pesquisas autorais recentes sobre técnicas circenses, como acrobacias, malabarismo e equilibrismo. O destaque hoje é a apresentação de ‘Íntimo’, da paulistana Cia. LaMala. O espetáculo mostra a confiança de uma dupla de acrobatas que se arrisca a estar em cena de olhos vendados, explorando suas habilidades no mão a mão. Desvenda a intimidade da dupla, a partir do ponto de vista do relacionamento entre duas pessoas, além de dois corpos que se conhecem e trabalham em sintonia, para levar ao público o êxito de transformar o desafio em circo. “A ideia é trazer a público as habilidades circenses, como trapézio, aéreos, acrobacias com a roupagem atual do circo, feito em novo formato, não mais na lona. Trouxemos para o projeto grupos que buscam uma nova dramaturgia. Diante das dificuldades em manter o circo sob a lona, os artistas se reiventaram, buscaram novos caminhos”, coloca Thiago Aoki, responsável pela programação de circo do Sesc Campinas. “O projeto contempla apresentações de espetáculos, intervenções e vivências.” Na sexta, a atração é a montagem ‘O que Me Toca É Meu Também’, com a Cia. Instrumento de Ver, do Distrito Federal, com direção e dramaturgia de Raquel Karro. As intérpretes Julia Henning e Maíra Moraes transitam pelo universo da acrobacia aérea, em uma trajetória cênica que inclui memória, reprodução, imitação e criação. Com reverência e reinvenção conduzem o público a lugares tão díspares quanto uma sala de ensaio no Planalto Central ou uma lona de circo armada no coração de Paris. O espetáculo ‘Vizinhos’, da Cia. Artinerants, também de São Paulo, é a atração de sábado. As cenas mostram o cotidiano incomum de um homem e de uma mulher em situações insólitas, em que os objetos se transformam e assumem novos significados, de forma quase surrealista. Entre as loucuras estão um sofá que engole o homem que lê e é trampolim para que ele salte no ar. Já o varal de roupas passa a ser o arame, em que a mulher faz seu número de equilibrismo. Os três espetáculos serão apresentados no Galpão Multiuso. As intervenções têm início no sábado, às 15h, na Área de Convivência, com ‘Devaneios’, com Cesar Rossi na roda Cyr (em que a pessoa entra num círculo vazado e o roda em várias direções) e Daniele Rosendo no violino. A Cia. do Relativo, de São Paulo, traz no domingo, às 14h, também na Área de Convivência, a intervenção ‘Instante’, em que corpos acrobáticos, tábuas de madeira, bancos e bolas preenchem o espaço, se transformando e se encaixando ao som da música. Em seguida, às 14h30, a Cia. do Relativo apresenta uma proposta de instalações interativas e acessíveis a todos os públicos, com a vivência Malabarismo Possível. Criada a partir da cenografia do espetáculo ‘Carta Branca’, que combina malabarismo e acrobacias ao som do acordeão, a vivência oferece para crianças e adultos a possibilidade de experimentar jogos circenses cooperativos, criados a partir de conceitos do malabarismo. Também na Área de Convivência, com entrada franca. AGENDE-SE O quê : ‘Olhares Sobre o Circo’ Quando : nesta quarta (30), às 20h, espetáculo ‘Íntimo’; sexta, às 20h, ‘O que Me Toca É Meu Também’; sábado, às 18h, ‘Vizinhos’ Onde : Galpão Multiuso do Sesc Campinas (Rua D. José I, 270/333, Bonfim, fone: 3737-1500) Quanto : De R$ 5,00 a R$ 17,00 Sesc traz o projeto ‘Olhares Sobre o Circo

Con Información de Correio Popular

www.entornointeligente.com

Síguenos en Twitter @entornoi

Entornointeligente.com

Add comment

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Follow Me

.