Secretário de Estado diz que vacina contra a covid-19 pode ficar disponível "entre o final deste ano e o princípio do próximo" » EntornoInteligente
Entornointeligente.com /

Diogo Serras Lopes, secretário de Estado da Saúde, fez esta sexta-feira, o ponto da situação epidemiológica da covid-19 em Portugal – um dia que fica marcado como o pior da pandemia, depois de se registar um recorde de mortes, de novos casos e de internamentos em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI).

Em conferência de imprensa, o governante começou por dizer que a média de novos casos diários dos últimos sete dias foi de 3.546, face aos 2.363 e 1.711 registados nas duas semanas anteriores, respetivamente. Números superiores aos registados em março e abril, que até então eram os piores meses da pandemia no país, e que colocam uma pressão “adicional” sobre o Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Diogo Serras Lopes reiterou que o SNS está a responder à pandemia e revelou que foram disponibilizadas mais 617 camas de enfermaria e mais 93 camas em UCI para doentes covid. “Continuaremos a enfrentar semanas difíceis, na evolução desta pandemia. Quero deixar claro que a capacidade atual do serviço e do sistema nacional de saúde continuará a ser expandida na medida do necessário para garantirmos os melhores cuidados de saúde a todos num contexto de incerteza e de evolução rápida da pandemia a nível global”, disse.

O secretário de Estado lembrou ainda a importância da responsabilidade de cada um no combate à pandemia. “Quero frisar que tão fundamental como a capacidade de resposta é a necessidade de controlarmos e diminuirmos o número de casos novos, todos, individual e coletivamente, temos o dever de reduzir ao máximo possível as possibilidades de contágio, só com um comportamento responsável, seguindo as regras e orientações que já todos conhecemos seremos capazes de reduzir e controlar os contágios e, naturalmente, a pressão atual sobre os serviços de saúde”, destacou.

Na mesma conferência de imprensa, o governante foi questionado sobre os desenvolvimentos das vacinas contra a covid-19 e, embora tenha admitido que é um “processo de incerteza”, Serras Lopes disse que o Governo acredita que possa haver uma vacina entre o final deste ano e o princípio do próximo.”É um contexto de incerteza, mas estamos convictos e esperançosos de que, efetivamente, estão a ser dados bons passos para que exista disponibilidade de uma vacina entre o final deste ano e o princípio [do próximo], em quantidades limitadas”, disse. “Portugal faz parte da compra europeia de vacinas e, portanto, é algo que aguardamos, com expectativa e esperamos que se venha a concretizar”, acrescentou, destacando que os planos do Executivo sobre estas vacinas estão ainda a ser delineados.

O secretário de Estado admitiu ainda que “houve uma maior procura” à vacina da gripe, mas que o Governo também disponibilizou este ano um contingente maior. Questionado sobre a rutura de stock em algumas farmácias, Serras Lopes confessou que a procura e a “incapacidade mundial” de oferta, pode levar, naturalmente, a este tipo de situações.

Confrontado com o “excesso de mortalidade” apontado pelo Instituto Nacional de Estatística, o governante explicou que é “algo que tem de ser estudado de uma forma cuidadosa que exige a codificação das várias patologias inerentes ao óbito”. “Estes estudos demoram o seu tempo”, ressalvou, referindo que é “prematuro” fazer comentários.

LINK ORIGINAL: iOnline

Entornointeligente.com

URGENTE: Conoce aquí los Juguetes más vendidos de Amazon >

Más info…

Smart Reputation

Prince Julio César en NYFW 2020

Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation
Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation

Prince Julio Cesar en el New York Fashion Week Spring Summer 2021

Publicidad en Entorno

Advertisement

Adscoins

Smart Reputation