Rússia regista segunda vacina contra a covid-19 numa altura em que atinge um novo recorde de casos » EntornoInteligente
Entornointeligente.com /

O presidente Vladimir Putin anunciou, esta quarta-feira, que a Rússia registou a sua segunda vacina contra o novo coronavírus, num dia em que o país confirmou um número recorde de novas infeções.

“O centro Novosibirsk Vektor registou hoje a segunda vacina russa contra o novo coronavírus – EpiVacCorona”, anunciou o presidente russo durante uma videoconferência com membros do seu gabinete.

Vektor, um laboratório ultrassecreto na cidade siberiana de Novosibirsk, levou a cabo investigações de armas biológicas na era soviética e armazena vírus que vão do Ebola à varíola.

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

Subscrever O anúncio de Putin surge depois de, em agosto, a Rússia registar a sua primeira vacina contra a covid-19, denominada de Sputnik V , que ainda não concluiu sua fase final de testes.

A nova vacina desencadeia uma resposta imune usando proteínas sintéticas do vírus, enquanto a Sputnik V usa vetores de adenovírus adaptados.

Batizada “Sputnik V”, em referência ao satélite soviético, a primeira vacina russa contra a covid foi recebida com ceticismo em todo o mundo, sobretudo porque não tinha desenvolvido a fase final dos ensaios na altura do anúncio pelas autoridades russas.

Uma grande parte da elite política russa, no entanto, acabou por ser vacinada, com Putin a citar o “caso exemplar” de uma das suas filhas, a quem foi administrada uma dose.

Vacina mostrou um “nível bastante alto de segurança” A vice-primeira-ministra, Tatiana Golikova, disse durante a conferência com Vladimir Putin que a vacina mostrou um “nível bastante alto de segurança”.

Esta nova vacina vai agora passar para testes pós-registo envolvendo cerca de 40.000 voluntários, acrescentou Golikova.

As autoridades russas registaram nas últimas semanas um aumento acentuado nas infeções e os dados mais recentes sobre a pandemia no país, divulgados pelo governo nesta quarta-feira, mostram um novo recorde no número de infeções, com 14 231 novos casos.

Ainda assim, Golikova descreveu a situação do vírus no país como “controlada” e disse que não eram necessárias mais medidas.

Na terça-feira, o vice-ministro da saúde, Oleg Gridnev, manifestou preocupação referindo a possibilidade de que 90% das camas hospitalares da Rússia reservados para o tratamento de pacientes com covid-19 já estivessem ocupados.

Em Moscovo, a cidade mais afetada pela pandemia, moradores com mais de 65 anos foram convidados a ficar em casa.

O autarca de Moscovo, Sergei Sobyanin, pediu na semana passada a todos os moscovitas que limitem os seus movimentos até que uma vacina esteja disponível para distribuição em massa.

A Rússia tem o quarto maior número de casos de covid-19 do mundo, com um total de 1 340 409 infeções registadas desde o início da pandemia e 23 205 mortes.

LINK ORIGINAL: Diario Noticias

Entornointeligente.com

URGENTE: Conoce aquí los Juguetes más vendidos de Amazon >

Más info…

Smart Reputation

Prince Julio César en NYFW 2020

Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation
Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation

Prince Julio Cesar en el New York Fashion Week Spring Summer 2021

Publicidad en Entorno

Advertisement

Adscoins

Smart Reputation