PSP desmantela célula internacional de carteiristas

psp_desmantela_celula_internacional_de_carteiristas.jpg
Entornointeligente.com /

A Divisão de Investigação Criminal do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP deteve três homens, oriundos de países do leste da Europa, por suspeita de 55 crimes cometidos em Portugal.

Em comunicado, a PSP diz ter desmantelado uma «célula internacional de carteiristas» e refere que contou com o apoio do Gabinete de Segurança da CP. O grupo, que estava a ser investigado desde 2020, foi detido no dia 20 deste mês e já foi presente a tribunal. O juiz decidiu que vão aguardar por julgamento em prisão preventiva.

Os três homens têm entre 47 e 52 anos e começaram a ser investigados numa altura em que a PSP registou um aumento dos furtos de carteira em estações ferroviárias . «O grupo actuava com extrema itinerância, tendo começado em 2018 e 2019 apenas com uma visita ao nosso país, passando a duas visitas em 2020, e já no ano 2021 passaram a visitar o nosso país de forma mais regular, visitas essas que eram feitas por curtos períodos de tempo», explica a PSP em comunicado, referindo que deram inicio à Operação DZIEN DOBRY – BOM DIA , que resultou na detenção dos três carteiristas, na estação do Oriente (Lisboa) «enquanto tentavam efectuar um furto, durante a entrada de vários passageiros num comboio» no passado dia 20.

A PSP reuniu informação «ao longo dos últimos dois anos que permitiu indiciar o grupo em 25 furtos de carteira e 30 utilizações indevidas de cartão bancário (levantamentos de dinheiro e pagamentos com os cartões furtados) sendo que, com estes furtos e utilizações indevidas causaram um prejuízo total às vítimas de cerca de 41.775 euros». Aquela polícia adiantou que este grupo estava activo a nível europeu e que fazia de Portugal um dos seus locais de actividade criminal.

«Reis dos Eléctricos» também foram detidos No mesmo dia, mas fora do âmbito desta operação, PSP deteve outros três homens com idades entre os 37 e os 69 anos, «por serem suspeitos da prática de três crimes de furto qualificado». «Este grupo, pai, filho e um amigo de longa data, outrora conhecidos como os ‘Reis dos Eléctricos’, foram surpreendidos pelos polícias em flagrante delito na zona de Belém», adianta a PSP em comunicado.

O grupo já é conhecido da PSP por este tipo de crime, «que já lhes motivou inclusive pesadas passagens em ambiente prisional». Além do furto, pelo qual foram detidos e que «render-lhes-ia 180 euros» caso não tivessem sido apanhados, foram ainda imputados «mais dois furtos cometidos nas mesmas circunstâncias e em co-autoria», diz a PSP.

LINK ORIGINAL: Publico

Entornointeligente.com

114464