Novo Citroën C4 Lounge chega com estilo e interior renovados - EntornoInteligente

Entornointeligente.com / OGlobo /

Desde que foi lançado no Brasil, em 2013, o Citroën C4 Lounge sofre com o preconceito que muita gente tem contra marcas francesas. Típico caso de injustiça do mercado com um carro que consegue ser espaçoso e confortável sem cair no tédio do sedã-tiozão, já que seu motor turbo de 173cv garante certa emoção.

Nesses cinco anos de estrada, porém, o modelo marcou passo, à medida que quase todos os seus rivais evoluíram em novas gerações. Antes vistoso, o C4 Lounge hoje tem mais pinta de Uber Black, enquanto a concorrência ganhou musculatura. Por essas e outras, as vendas do Citroën patinam em torno de 280 unidades mensais – contra uns 4.200 Corolla, 1.700 Cruze e 1.500 Civic.

O farol é completamente novo e incorpora luzes diurna em Led’s – Jason Vogel Daí que, agora, uma plástica de meia vida tenta dar ao sedã franco-argentino algum ar de novidade e, quem sabe, fôlego nas concessionárias. Fomos conhecer as novidades na província de Buenos Aires, onde o carro é fabricado.

Em família

Resumidamente, a diferença está na cara: a missão da equipe de estilo era encaixar novas linhas na frente do C4 Lounge, criando parentesco com os Citroën europeus lançados desde 2014.

Como no Cactus, no C4 Picasso e em outros modelos recentes, as luzes de posição são por LEDs e vão acima da grade. No meio vão os faróis principais, enquanto os faróis de neblina (que se movem para iluminar as curvas) vão dentro de um “C” cromado no para-choque. Fizeram o possível: o visual mudou, mas não chega a ser tão arrojado quanto o dos irmãos franceses.

A foto mostra as diferenças entre o novo C4 Lounge (vermelho) e seu antecessor. As luzes de posição subiram, os faróis e a grade cresceram – Jason Vogel Parece pouco, mas Fabien Darche, gerente de estilo do grupo PSA na América Latina, conta que a operação deu muito trabalho.

– Os centros de design do grupo na Europa, China e América Latina participaram com sugestões e esboços. No fim, a matriz deu a palavra final, aproveitando ideias de cada estúdio – conta o designer, que tem em seu currículo o originalíssimo interior do modelo DS5.

Publicidade

Falando em interior, a cabine do C4 Lounge também teve alterações, mas nada muito radical. A novidade mais visível é o quadro de instrumentos, agora todo digital. Não enche os olhos e parece mais simples do que o conjunto usado anteriormente (o mesmo do DS4, com três mostradores redondos que mudavam de cor).

Mais conexão

Melhoria para valer está na central multimídia, que cresceu (7″) e incorporou os comandos do ar-condicionado, abrindo espaço para um porta-trecos no console. Mesmo com controles por toque na tela, levamos algum tempo até ficarmos familiarizados com o GPS. A central é compatível com Android Auto, Apple CarPlay e outros bichos digitais. Sentimos falta de sensores sonoros de estacionamento a fazer o intuitivo “pi-pi-pi-pi”: os C4 Lounge têm apenas câmera.

A central multimídia cresceu e incorporou os comandos do ar-condicionado, abrindo espaço no console. O quadro de instrumentos agora é todo digital – Divulgação Gostamos do excelente espaço de sempre – com 2,71m de entre-eixos, sobra espaço para os joelhos de quem vai no banco de trás. O porta-malas também é um latifúndio. Os bancos são forrados com couro em todas as versões. Também impressionam as rodas de 17 polegadas nas duas principais versões do carro: foram desenhadas inicialmente para o conceito C4 Lounge Sport Chic, mostrado no Salão de SP de 2016.

Na traseira, tudo como dantes. Ou quase tudo: apenas o desenho interno das lanternas foi alterado. Só olhos de lince notarão.

Na mecânica também nada mudou, o que não é ruim. Todas as versões trazem o ótimo motor 1.6 THP (Turbo Haute Pression), com turbocompressor e injeção direta, atrelado à caixa automática Aisin de seis marchas.

O circuito de apresentação oficial tinha 180km entre ida e volta, por uma estrada reta, plana e bem asfaltada. A um cruzeiro de 130km/h, o carro foi muito silencioso e confortável. Firme sem ser molenga. Nesse ritmo, a direção é sensível e pede pequenas e constantes correções (“nosso” C4 estava com pneus Pirelli Cinturato 225/45 R17. Outros vêm com Michelin Primacy 3, historicamente mais corretos para um Citroën).

Esperto no trânsito

O motor 1.6 turbo rende até 173cv e é flex – Divulgação Em desempenho, o carro nada deixa a desejar frente a rivais mais recentes. As retomadas são ótimas já a partir de 1.500rpm, mas não foi desta vez que o C4 Lounge ganhou aletas para trocas de marcha atrás do volante. Aproveitamos o embalo para escapar com o carro para uma aventura urbana até a Avenida Warnes, onde estão concentradas as lojas de autopeças de Buenos Aires – é a Rua Escobar local. Na cabine fresca e suave, ignoramos o sol a pino, buracos, trilhos e arrancadas rápidas em cruzamentos. Entre cidade e estrada, o consumo médio ficou em bons 11,5km/l.

Publicidade

O C4 Lounge já mostra a idade do projeto? Sim. Para compensar, a Citroën agora o vende em duas versões principais, ambas bem equipadas (e com nomes que sucumbiram aos anglicismos). Por R$ 93.920, leva-se o C4 Lounge Feel, já com o motor turbo, câmbio automático, forrações de couro, aros de 17″ e ar-condicionado em duas zonas.

Na traseira, a maior alteração é o desenho interno das lanternas. Será que alguém vai perceber? – Pedro Bicudo / Divulgação A opção topo de linha é a Shine, de R$ 102.790, com faróis totalmente de LEDs, teto solar e airbags tipo cortina. Há ainda a versão Live, simplificada para custar menos de R$ 70 mil e se enquadrar na categoria PCD. Sai apenas em vendas diretas e para pessoas com deficiência.

Para tentar vencer o preconceito, a Citroën criou tabelas com custos de manutenção fixos e programas de recompra de carros da marca. Mas talvez já seja tarde para o bom C4 Lounge.

Novo Citroën C4 Lounge chega com estilo e interior renovados

Con Información de OGlobo

www.entornointeligente.com

Síguenos en Twitter @entornoi

Entornointeligente.com

Add comment

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Follow Me

.