Moderna autorizada a pedir à União Europeia para comercializar vacina » EntornoInteligente
Entornointeligente.com /

A empresa Moderna – uma das empresas com uma potencial vacina contra a covid-19 – anunciou esta quarta-feira que recebeu a confirmação da Agência Europeia de Medicamentos (EMA, sigla em inglês) de que a sua potencial vacina, mRNA-1273, é elegível para um pedido de autorização de comercialização da União Europeia.

O pedido de autorização da Moderna inclui informação clínica actualizada sobre a vacina, nomeadamente os resultados de um estudo pré-clínico e a análise dos ensaios da fase 1 em adultos saudáveis (entre os 18 e os 55 anos) e pessoas idosas (dois grupos: entre os 56 e os 70 anos e com mais de 71 anos), publicado no New England Journal of Medicine .

Covid-19: Estudo liga teorias da conspiração a desconfiança em eventual vacina Mais populares Covid-19. Portugal ultrapassa os 2000 casos diários, mas pode chegar aos 3000. Morreram mais sete pessoas Covid-19: filha denuncia infecção da mãe em hospitais de Lisboa i-album Exposição Da Ausonia ao Emoneura, há anúncios vintage para ver no Museu da Farmácia “Estamos satisfeitos com as interacções com as autoridades reguladoras a nível nacional e a nível europeu até à data”, indicou a empresa em comunicado. “Estamos empenhados em desenvolver uma vacina segura e eficaz seguindo a orientação das agências reguladoras e vamos continuar o nosso diálogo permanente com a EMA.”

A vacina está actualmente na terceira fase de ensaio, com 30.000 participantes nos Estados Unidos. Segundo a farmacêutica, a sua produção mundial aponta para serem fornecidas entre 500 milhões a 1000 milhões de doses por ano, a partir de 2021. Além da Europa, também o Canadá está a estudar a comercialização da vacina da Moderna, segundo noticiado na terça-feira pela agência de notícias Reuters.

Efeitos secundários semelhantes à vacina da gripe O melhor do Público no email Subscreva gratuitamente as newsletters e receba o melhor da actualidade e os trabalhos mais profundos do Público.

Subscrever × Estudos prévios mostraram que os grupos etários responderam positivamente à vacina e que foram induzidas respostas imunitárias rápidas e fortes contra o novo coronavírus. Efeitos secundários da vacina serão semelhantes aos da vacina da gripe, diz o El Mundo .

Ao contrário de outras empresas, Moderna ainda não teve nenhuns problemas graves associados à sua vacina. Os únicos casos adversos conhecidos associados à vacina são um voluntário com uma febre alta (39 graus ou mais) e outro desenvolveu fadiga ao ponto de suspender as suas actividades diárias, explica o jornal espanhol. Os efeitos secundários foram resolvidos rapidamente.

Ler mais Covid-19: Agência Europeia de Medicamentos inicia avaliação de vacina da AstraZeneca Moderna diz que vacina contra a covid-19 não estará disponível antes das eleições nos EUA Por outro lado, a potencial vacina da AstraZeneca, desenvolvida em conjunto com a Universidade de Oxford teve os ensaios interrompidos em Setembro devido a uma reacção adversa numa voluntária, que desenvolveu uma doença neurológica. O ensaio foi retomado uns dias depois. Também a Johnson & Johnson suspendeu na terça-feira os ensaios clínicos de uma vacina por um dos participantes ter ficado doente.

Continuar a ler
LINK ORIGINAL: Publico

Entornointeligente.com

URGENTE: Conoce aquí los Juguetes más vendidos de Amazon
>

Más info…

Smart Reputation

Prince Julio César en NYFW 2020

Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation
Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation

Prince Julio Cesar en el New York Fashion Week Spring Summer 2021

Publicidad en Entorno

Advertisement

Adscoins

Smart Reputation