Ministra da Cultura lamenta "brutal homicídio" do ator Bruno Candé - EntornoInteligente
Entornointeligente.com /

A ministra da Cultura , Graça Fonseca , lamentou esta quinta-feira o “brutal homicídio” do ator Bruno Candé Marques , que morreu baleado, no sábado, na via pública em Moscavide (Loures).

“As circunstâncias da morte de Bruno Candé obrigam-nos a pensar sobre o muito que ainda nos cumpre fazer na luta contra a violência e o quanto a cultura, na sua dimensão conciliadora e de aproximação, pode contribuir para isso”, afirma a ministra hoje, em comunicado, cinco dias depois da morte do ator.

Bruno Candé Marques , 39 anos, morreu no sábado após ter sido baleado, várias vezes, em plena Avenida de Moscavide, concelho de Loures.

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

Subscrever O suspeito do homicídio, de 76 anos, foi detido no local e aguarda julgamento em prisão preventiva.

No sábado, em comunicado, a família afirmou que Bruno Candé Marques “foi alvejado à queima-roupa, com quatro tiros” e que “o seu assassino já o havia ameaçado de morte três dias antes, proferindo vários insultos racistas”.

A família considerou que “fica evidente o caráter premeditado e racista deste crime” e exigiu que “a justiça seja feita de forma célere e rigorosa”.

O ator Bruno Candé nasceu em Lisboa , em 1980. Iniciou o seu percurso no grupo de teatro da Casa Pia, ainda na adolescência, tendo posteriormente frequentado o curso de formação teatral do Chapitô, onde chegou em 1995 e participou em vários espetáculos, sob direção do encenador Bruno Schiappa .

Trabalhava desde 2011 com a Casa Conveniente, de Mónica Calle , onde participou em ” A Missão – Recordações de uma Revolução “, de Heiner Müller , distinguido com o prémio de Melhor Espetáculo do Ano, em 2012, pela Sociedade Portuguesa de Autores .

Fez parte do elenco de produções como ” Macbeth “, ” O Livro de Job “, ” Rifar o Meu Coração “, ” A Sagração da Primavera “, ” Noites Brancas “, dirigidas por Mónica Calle , ” Drive In “, de Mónica Garnel , e ” Atlas ” de João Borralho e Ana Galante .

Entrou no filme ” Ivone Kane “, de Margarida Cardoso . Esteve também no elenco de telenovelas como ” Única Mulher “, da TVI .

O ator preparava o novo projeto da Casa Conveniente, ” O Escuro Que Te Ilumina “, espetáculo que tem por base a história da sua vida e a sua recuperação, após um acidente sofrido em 2017. Segundo a companhia, o projeto será posto em cena, “com uma nova força”, em 2021.

Para sexta-feira e sábado estão anunciadas concentrações antirracistas e antifascistas em Lisboa , Porto , Coimbra , Braga e Beja , homenageando o ator de origem guineense.

Para domingo, foi convocada uma “contramanifestação” de direita, em Lisboa , pelo presidente demissionário do Chega , André Ventura , que considerou que o “caso trágico do ator assassinado nada tem a ver com racismo”.

LINK ORIGINAL: Diario Noticias

Entornointeligente.com

Ir a Smart Reputation

Best Miami Private Chef Charly Hoffmann

Publicidad en Entorno

Allanamiento a las oficinas de EntornoInteligente

Adscoins

Smart Reputation