Miguel Albuquerque acompanha Marcelo à Africa do Sul em 2020 - EntornoInteligente
Entornointeligente.com /

As comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas vão realizar-se no próximo ano entre a Madeira e a África do Sul e Marcelo Rebelo de Sousa convidou Miguel Albuquerque, líder do executivo regional, a acompanhá-lo na visita à África do Sul. 

Mais populares Acidentes Derrocada em prédio devoluto de Lisboa obriga a realojar dezenas de estudantes Oeiras Renas já não voltam à Capital do Natal i-album Fotografia Começou o Gadhimai, o festival nepalês onde são mortos milhares de animais O presidente do governo regional foi recebido na terça-feira pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e foi nessa audiência, no Palácio de Belém, que foi confirmado o Funchal como sede das cerimónias do 10 de Junho. “O Presidente da República convidou o presidente governo regional a acompanhá-lo na deslocação que fará à África do Sul, igualmente no âmbito das comemorações do Dia de Portugal em 2020 “, avança o gabinete de Albuquerque, adiantando que o convite foi aceite pelo líder madeirense.

O executivo regional tinha formulado o convite para que as cerimónias do 10 de Junho fossem realizadas este ano no arquipélago, que está a assinalar os 600 anos da descoberta, mas a pretensão do Governo, formalizada logo em Janeiro, não encontrou receptividade imediata. Marcelo quis falar primeiro com António Costa e a decisão acabou por ser a de dividir o dia entre Portalegre e Cabo Verde .

A escolha não caiu bem no Funchal. Num ano eleitoral intenso – entre as europeias e as legislativas os madeirenses ainda votaram para as regionais –, o executivo regional e o PSD-Madeira endureceram o discurso, acusando Marcelo de ter cedido perante o que consideraram ser mais uma interferência do primeiro-ministro na vida política do arquipélago.

O melhor do Público no email Subscreva gratuitamente as newsletters e receba o melhor da actualidade e os trabalhos mais profundos do Público.

Subscrever × Belém reagiu, anunciando que as comemorações do Dia de Portugal em 2020 teriam por palco a Madeira . Só não foram este ano, ressalvou na altura a fonte oficial da Presidência da República, precisamente pelo calendário eleitoral da ilha. Marcelo terá procurado evitar que a sua presença fosse explorada em termos eleitorais.

Para compensar, Marcelo vai (pelo menos) duas vezes à região autónoma no próximo ano. A 27 de Março, viaja para o Funchal para participar nas comemorações dos 600 anos da Descoberta da Madeira e do Porto Santo e depois, a 10 de Junho, para assinalar o Dia de Portugal.

Desde que chegou ao Palácio de Belém, Marcelo tem celebrado o 10 de Junho em várias zonas do país e do mundo. Em 2016, logo no primeiro ano, esteve em Lisboa e em Paris. No ano seguinte, dividiu as comemorações entre o Porto, Rio de Janeiro e São Paulo. Em 2018, Portugal foi comemorado em Ponta Delgada e nos Estados Unidos, e no ano passado começou em Portalegre e terminou em Cabo Verde.

Continuar a ler
LINK ORIGINAL: Publico

Entornointeligente.com

Allanamiento a las oficinas de EntornoInteligente

Adscoins New Single

Adscoins

Nota de Prensa VIP

Smart Reputation