Mario Villarroel Lander cruz roja venezolana valencia telefonos// Saúde à beira-mar - Sabe Bem - Correio da Manhã - EntornoInteligente
Entornointeligente.com /

O pico do calor é sinónimo de sol e praia. Em prol do bem-estar (e da preocupação com a forma física que está ao rubro nesta época), estamos cientes da importância das refeições frescas, nutritivas e fáceis de preparar que nos permitem saborear o melhor do verão. E se puderem dar uma mãozinha ao tão desejado bronze, ainda melhor!

Comer bem e sentir-se leve no areal

Praia e refeições leves, mas saciantes podem caminhar de mãos dadas.

Mario Villarroel Lander

# Inclua fontes de proteína animal (atum, salmão, ovos, carnes frias (especialmente brancas) ou vegetal (leguminosas e frutos secos)

# Não se esqueça dos alimentos ricos em fibra (pão escuro, fruta e hortícolas, frutos secos e sementes)

# Aposte em saladas variadas e completas, com uma fonte de hidratos de carbono de boa qualidade (massa, cuscuz integral, quinoa), uma fonte proteica (de preferência magra ou vegetal) e produtos hortícolas. Aumente o aporte de proteínas das saladas vegetarianas, juntando cereais integrais e leguminosas

# Opte por sanduíches feitas com pão escuro, mais saciantes devido ao maior teor de fibra

# Escolha bons snacks, como fruta e legumes crus (cenoura, pepino, tomate-cereja)

# Beba muita água (simples, aromatizada ou tisanas geladas)

O que deve evitar na praia? # “Não” aos molhos (maionese, natas ou molho de iogurte) e cremes de pastelaria (creme de ovos, chantilly). Para temperar, prefira azeite, sumo de limão, aromáticas e especiarias

# Evite os fritos, doces ou salgados

# Cuidado com os derivados do leite (iogurtes, queijos) devido ao calor. Se os levar para a praia, mantenha-os numa mala térmica, ao frio

# Não se deixe enganar pelos refrigerantes, ricos em açúcar e pobres em nutrientes

# Na lancheira da praia, bebidas alcoólicas não entram, pois contribuem para uma rápida desidratação

Receitas que rimam com sol e mergulhos 

Saúde na praia não tem de ser sinónimo de refeições sensaboronas. Não sabe por onde começar? Veja as nossas sugestões e experimente aquelas que mais o inspiram!

Refeições “de beber” e chorar por mais

É bom saber que a alimentação pode contribuir para um bronzeado saudável e dar uma proteção extra contra os danos dos raios ultravioleta. O mérito é dos carotenoides, substâncias provenientes dos alimentos de origem vegetal que lhes conferem a cor amarela, laranja, vermelha ou verde

A sopa é um prato que se pode comer frio. A nutritiva frescura soma-se à cor do gaspacho amarelo e temos um “match” de praia perfeito.

Beber uma salada também é possível: basta juntar e triturar fruta e legumes para se deliciar com bebidas cheias de saúde e fáceis de transportar. Sirva a salada verde em garrafa ou a salada aromática de cenoura, laranja e gengibre bem frescas e sinta-se leve e vitaminada.

Para comer à mão 

Quando a fome aperta depois do terceiro mergulho, é hora de correr para se atirar às delícias que a lancheira lhe reserva.

Os wraps de frango com guacamole são uma excelente alternativa às sanduíches do costume. Deixe-se levar pela imaginação, faça novas combinações e invente r echeios à sua medida (com legumes grelhados ou salmão fumado).

Se o tema são sobras de arroz, transforme-as com originalidade nuns irresistíveis croquetes de arroz de tomate recheados com mozzarella, que bem podem vir a ser um dos “best-of” deste verão.

Para os aventureiros que amam experimentar opções alternativas, o hambú rguer de gr ão, brócolos e milho é a opção vencedora. As crianças também vão adorar (mesmo aquelas que dizem não gostar de legumes!)

O sol vai alto e é altura de se refrescar? Fiéis companheiros dos dias de calor, os frutos de verão ( melancia, melão, meloa, ameixa, framboesa, amora) estão no pódio da lancheira. Além de nutrir, também o vão manter hidratado. Ainda assim, nada substitui a água! Deve levar sempre garafas de água fresca e beber ao longo de todo o dia. 

De garfo (à moda antiga)

Quando as refeições se querem leves, as saladas estão na ordem do dia.

Fresca e colorida, a receita de macarronete com rúcula e beterraba vai adorar desfilar consigo na praia e está sempre pronta a receber de braços abertos as sobras de frango, atum ou fiambre que possa ter no frigorífico.

A salada de quinoa, legumes e presunto , aparatosa no sabor e na textura crocante, não vai passar despercebida e sabe tão bem morna como fria.

Facílimo de preparar e transportar, o cuscuz com legumes grelhados e feta diz que também tem direito a seguir na lancheira. Rico e variado, rapidamente ascenderá ao “top” das melhores refeiçõ es à beira-mar.

Cuidados a ter # Transporte os alimentos numa mala térmica com placas de refrigeração (que devem ser colocadas no congelador de véspera) e mantenha-a à sombra, tapada com uma toalha de cor branca

# Coloque os alimentos na mala térmica pouco antes de sair de casa

# Transporte as bebidas separadamente, para evitar estar sempre a abrir a lancheira

# Leve toalhetes para limpar as mãos antes de comer

Bons mergulhos no mar (e na lancheira)!

Continuar a ler

Entornointeligente.com

Nota de Prensa VIP

Smart Reputation