Mais de mil condutores fiscalizados em operação de verão da GNR em Albufeira - Portugal - Correio da Manhã - EntornoInteligente
Entornointeligente.com /

A GNR e outras forças de segurança europeias fiscalizaram, durante os meses de verão, em Albufeira, mais de 1.600 condutores e identificaram mais de uma centena de pessoas por tráfico e consumo de droga, foi esta sexta-feira divulgado. A operação de reforço de meios realizada em Albufeira, uma das zonas mais turísticas do Algarve (distrito de Faro), estendeu-se por três meses, nos quais houve ações de patrulhamento misto, com militares da Guardia Civil de Espanha, da Gendamarie Nationale francesa e dos Carabinieri de Itália. De acordo com dados esta sexta-feira divulgados pela GNR, durante esse período, foram fiscalizados em Albufeira mais de 1.600 condutores, tendo sido detetados 96 com excesso de álcool, dos quais 44 foram detidos por conduzirem com uma taxa crime igual ou superior a 1,2 gramas por litro. Segundo a GNR, 74 pessoas foram detidas por falta de habilitação legal para conduzir, tendo sido detetadas 914 contraordenações rodoviárias, na sua maioria por uso indevido do telemóvel durante a condução (77), mas também por falta de inspeção periódica obrigatória (36), entre outras. No que respeita ao tráfico e consumo de droga, 107 pessoas foram identificadas e 41 detidas, tendo as autoridades apreendido um total de 1.341 doses de droga, na sua maioria haxixe (718) e cocaína (558). Durante os últimos três meses, foram ainda registadas 109 infrações relacionadas com atividades económicas e funcionamento de estabelecimentos, nomeadamente 42 por venda ambulante e 38 por funcionamento além do horário permitido. Houve ainda a registar 10 infrações por venda e consumo de bebidas alcoólicas, 16 por excesso de ruído emitido, oito por utilização de recipiente de material contundente e uma por venda de bebidas alcoólicas após as 00:00. Estas ações policiais em Albufeira tiveram como objetivo o combate à criminalidade, a redução da sinistralidade rodoviária, nos principais eixos rodoviários, festas e romarias, eventos de grande dimensão e em locais de grande concentração de pessoas. No patrulhamento foram empenhados recursos de várias valências: territorial, investigação criminal, intervenção, trânsito, proteção da natureza e do ambiente, patrulhamento a cavalo e binómios cinotécnicos, entre outros. A presença permanente de agentes de forças policiais europeias serviu para “promover e facilitar o policiamento de proximidade com os turistas, numa conjuntura de cooperação internacional”, conclui a GNR.
LINK ORIGINAL: Correio da manha

Entornointeligente.com

Nota de Prensa VIP

Smart Reputation