Governo de Maduro acusa Espanha de facilitar fuga do opositor Leopoldo López » EntornoInteligente
Entornointeligente.com /

 

CARACAS — O governo de Nicolás Maduro demonstrou, no domingo, irritação com a ida do líder opositor Leopoldo López para a Espanha, após 18 meses exilado na residência do embaixador do país em Caracas. O crítico do regime venezuelano havia desembarcado em Madri horas antes, após supostamente viajar via Colômbia.

Em comunicado, o chanceler venezuelano, Jorge Arreaza, rechaçou o que considera ser uma “flagrante violação da Convenção de Viena sobre Relações Diplomáticas por parte do governo espanhol, ao facilitar, com notável cumplicidade, a fuga do terrorista Leopoldo López”. O documento de 1961 é um marco que estabelece regras para as relações diplomáticas entre países independentes.  

Entenda: Opositor venezuelano Leopoldo López chega a Madri, diz governo espanhol

O chavismo recorre à sua retórica habitual de que inimigos estrangeiros querem derrubá-lo e, mais uma vez, mira o embaixador espanhol em Caracas, Jesús Silva. Segundo o governo Maduro, a Espanha encoraja e ampara a fuga de um “delinquente perigoso” e da “prática antidiplomática e hostil do Estado espanhol para com a Venezuela“.

López foi condenado a 14 anos de detenção por atos de violência durante protesto antigoverno em 2014. Enquanto esteve em prisão domiciliar, tornou-se mentor do presidente interino, Juan Guaidó, que no início de 2019 invocou a Constituição para assumir a Presidência e iniciou uma campanha, até o momento sem sucesso, para derrubar Maduro. Antes de se exilar na embaixada espanhola, refugiou-se primeiro na residência diplomática chilena.

PUBLICIDADE No domingo, um dia após a partida de López da Venezuela, funcionários do Serviço Bolivariano de Inteligência, a polícia política do regime, detiveram Nubia Campos, cozinheira do líder opositor na embaixada. José Neira, que trabalhava no local como vigia, também foi preso para ser interrogado, enquanto as forças de segurança realizaram buscas em suas casas.

Disputa : Capriles aprofunda divisão da oposição da Venezuela ao defender participação nas eleições

Quase simultaneamente às declarações de Arreaza, a Chancelaria espanhola condenou as detenções relacionadas às suas embaixadas, também acusando Caracas de violar a Convenção de Viena:

“A Espanha reitera seu convencimento de que a crise multidimensional que atravessa a Venezuela requer uma saída negociada, dirigida pelos próprios venezuelanos, que permita a celebração de eleições legislativas e presidenciais com plenas garantias democráticas.”

A troca de acusações entre os governos da Venezuela e da Espanha sobre a fuga de López vai na contramão de um boato que circula por Caracas, dado como certo por fontes bem informadas, de que a saída teria sido acordada por representantes de ambos os governos. Segundo esta versão, o regime de Maduro teria concordado em permitir a ida de López em uma tentativa de facilitar a comunicação entre os dois países e liberar Madri de manter o líder opositor em sua residência oficial na Venezuela.

PUBLICIDADE Entenda : Estrategista de Guaidó admite que assinou contrato e pagou por ataque na Venezuela

Há um mês, o governo espanhol anunciou a substituição de Jesús Silva, mas garantiu que isso não afetaria a situação de López. Segundo a Chancelaria espanhola, a ida do líder opositor para Madri foi “fruto de uma decisão voluntária e pessoal”.

Momentos depois do anúncio da confirmação de que López havia saído do país latino-americano, Guaidó usou seu Twitter para provocar o presidente venezuelano:

Maduro, você não controla nada. Burlando seu aparato repressivo, conseguimos levar nosso Comissário do Centro de Governo, Leopoldo López, para o território internacional. Sua contribuição para a Venezuela continua a partir deste novo espaço de ação”, escreveu.

Nos últimos meses, o governo de Nicolás Maduro acusou o líder opositor, fundador do partido Vontade Popular, de ter planejado uma tentativa de incursão armada na Venezuela de dentro da residência do embaixador espanhol em Caracas. A mulher de López, Lilian Tintori, e seu filho mais novo já haviam fugido para a Espanha no ano passado, episódio descrito por Madri como um “exercício de liberdade de movimento”.

 

Entornointeligente.com

URGENTE: Conoce aquí los Juguetes más vendidos de Amazon >

Más info…

Smart Reputation

Prince Julio César en NYFW 2020

Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation
Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation

Prince Julio Cesar en el New York Fashion Week Spring Summer 2021

Publicidad en Entorno

Advertisement

Adscoins

Smart Reputation