Golo de Hachadi gera crise em Braga - Futebol - Correio da Manhã - EntornoInteligente
Entornointeligente.com /

Hachadi saltou do banco para marcar o primeiro golo do V. Setúbal e garantir o primeiro triunfo no campeonato, deixando o Sp. Braga a caminho de um crise.

A primeira parte foi morna e muito disputada a meio-campo. As ocasiões de golo escassearam. Os anfitriães estiveram perto de marcar, mas Semedo (15’) cabeceou mal, apesar de estar em zona frontal e sem marcação. O melhor que os bracarenses conseguiram foi um remate ao poste de Ricardo Horta (36’) e um punhado de remates de João Novais à figura de Makaridze.

Na etapa complementar, os bracarenses até pareciam mais ativos e dispostos a resolver a contenda, mas o guarda-redes Makaridze chegou para as encomendas e nem sequer teve de se empenhar a fundo.

A equipa de Sá Pinto praticava o seu melhor futebol, mas as carências ofensivas foram gritantes. E como diz o povo, quem não marca… sofre.

E foi precisamente isso que aconteceu. Um golo que simboliza todo o jogo. Um lance atabalhoado, conseguido em esforço. O último a tocar na bola foi o marroquino Hachadi que tinha entrado minutos antes. Estava feito o primeiro golo dos sadinos nesta edição do campeonato. O V. Setúbal entrou neste jogo com três pontos (fruto de três empates) e ultrapassou os bracarenses, que mantêm apenas quatro pontos.

Sandro Mendes, técnico sadino, pode finalmente respirar de alívio, enquanto Sá Pinto terá um jogo na quinta-feira com o Wolverhampton para a Liga Europa, que pode muito bem ser decisivo para o seu futuro no comando dos bracarenses.

LINK ORIGINAL: Correio da manha

Entornointeligente.com

Nota de Prensa VIP

Smart Reputation