Filme português "Mosquito" abre o Festival de Cinema de Roterdão - EntornoInteligente
Entornointeligente.com /

” Mosquito é inspirado na história da chegada do meu avô a África. No entanto, o que se passou durante a sua longa e solitária caminhada pouco se sabe. É aqui que entra a ficção, a fabulação e o sentido que pretendo dar à narrativa”, explica o realizador na nota de intenções.

O filme, que remete para a primeira Guerra Mundial, é protagonizado pelo ator João Nunes Monteiro e integra a competição oficial do festival de Roterdão. Chega aos cinemas portugueses a 5 de março.

Nesta 49.ª edição do festival holandês, o programa contará com cerca de uma dezena de outros filmes, de produção e coprodução nacional, entre curtas e longas-metragens, algumas também em competição.

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

Subscrever São os casos de Suzanne Daveau , documentário de Luísa Homem sobre a geógrafa franco-portuguesa de 94 anos, e Ruby , segunda curta-metragem de Mariana Gaivão, premiada no Curtas de Vila do Conde. Os dois filmes estão em competição em Roterdão.

Destaque ainda para Desterro , primeira longa de ficção da brasileira Maria Clara Escobar, também em competição, e que é uma coprodução luso-brasileira.

Do artista multimédia português Alfredo Costa Monteiro e da realizadora venezuelana Adriana Guevara será mostrado The Under-Exile , do moçambicano Ruy Guerra irá passar Em pedaços e, do espanhol Albert Serra, Liberté , rodado em Portugal.

Estão também integrados na programação do festival os filmes portugueses Armour , de Sandro Aguilar, L’île aux oiseaux , de Maya Kosa e Sérgio da Costa, Oú en êtes-vous, Teresa Villaverde? , Vitalina Varela , de Pedro Costa, e Um animal amarelo , de Felipe Bragança.

A produção cabo-verdiana Kmêdeus , de Nuno Miranda, o filme angolano Ar Condicionado , de Fradique, a curta-metragem de coprodução portuguesa A Chuva Acalanta a Dor , do brasileiro Leonardo Mouramateus, e a coprodução luso-argentina Celosos Hombres Blancos , do realizador argentino Ivan Granovsky, também irão passar no festival.

O Festival Internacional de Cinema de Roterdão termina a 2 de fevereiro.

LINK ORIGINAL: Diario Noticias

Entornointeligente.com

Allanamiento a las oficinas de EntornoInteligente

Adscoins New Single

Adscoins

Nota de Prensa VIP

Smart Reputation