FC Porto sobrevive à depressão e segue em frente na Taça - EntornoInteligente
Entornointeligente.com /

Por melhor que seja a drenagem, há um limite para a quantidade de água que um campo pode absorver e esse limite foi rapidamente atingido pelo relvado do Estádio do Dragão, nesta quinta-feira, em que a depressão Elsa atingiu Portugal com toda a sua fúria. Houve pouco futebol, pouca gente na bancada e muitas poças para chapinhar em 90 minutos de bolas presas na lama e muitos pontapés para o ar. Mas também houve um golo, mais que suficiente para dar ao FC Porto um triunfo por 1-0 sobre o Santa Clara e o apuramento para os quartos-de-final da Taça de Portugal.

Não houve qualquer hesitação no momento de considerar que o relvado do Dragão tinha condições suficientes de jogabilidade. O jogo começou quase à hora e, enquanto a drenagem funcionou, houve alguns momentos de bom futebol, com os portistas a assumirem o comando das operações, mesmo com várias soluções alternativas em relação ao plano habitual de Sérgio Conceição, como Diogo Costa na baliza, ou Diogo Leite no eixo da defesa. Também João Henriques mudou muito em relação ao “onze” que fraca figura tinha feito, três dias antes, na derrota por 0-4 frente ao Sporting.

Ficha de jogo Equipas Estatísticas do jogo Repetição dos golos Mais populares EUA Impeachment aprovado: Trump acusado de abuso de poder e obstrução do Congresso i-album Mau tempo Dois mortos na passagem da depressão Elsa i-album Exposição A beleza de espaços “majestosos, vazios e icónicos” Não demorou muito para o FC Porto criar perigo. Logo aos 5’, Zé Luís cabeceou com perigo após um canto de Alex Telles, mas o guardião do Santa Clara André Ferreira opôs-se bem.

Pouco depois, aos 17’, o guarda-redes visitante voltou a estar em grande plano ao desviar um remate do avançado portista, sem marcação na área após grande passe de Nakajima.

Por esta altura, o terreno ainda era jogável – a lama só veio depois – e a bola ainda circulava com razoável rapidez, ainda com algum espaço para os artistas se destacarem. Pelo meio, algumas jogadas mais físicas, como o pontapé involuntário de Zé Luís na cabeça de Nené quando tentava alvejar a baliza do Santa Clara – o cabo-verdiano levou amarelo, o brasileiro saiu de maca e foi substituído por Lamas.

Positivo/Negativo Positivo Nakajima Marcou o golo da vitória e criou várias situações para os seus colegas marcarem. Enquanto o terreno esteve jogável, foi o melhor em campo.

Positivo André Ferreira Sem grandes culpas no golo sofrido, o guarda-redes do Santa Clara teve várias boas defesas que foram mantendo a sua equipa na discussão da eliminatória.

Negativo Segunda parte Pouco ou nada se jogou nos segundos 45 minutos, o que é perfeitamente natural dado que a depressão Elsa não fez qualquer pausa para se jogar futebol. Foi uma segunda parte de bolas pelo ar, bolas presas na lama e muito esforço físico extra dos dois lados.

O melhor do Público no email Subscreva gratuitamente as newsletters e receba o melhor da actualidade e os trabalhos mais profundos do Público.

Subscrever × Foi num misto de força física e técnica que o FC Porto chegou ao golo aos 29’. Corona recebeu a bola na área açoriana, ganhou um duelo a Mamadu Candé e fez o cruzamento para a concretização fácil de Nakajima, naquele que foi o primeiro golo do japonês com a camisola do FC Porto.

Os visitantes reclamaram uma falta do mexicano sobre o lateral do Santa Clara – parece haver um empurrão a afastar Candé da disputa da bola – mas Fábio Veríssimo e os seus assistentes não viram, e o VAR também não deu quaisquer instruções em contrário.

O golo de Nakajima foi validado e acabaria mesmo por marcar a diferença já que, nos 60 minutos seguintes, houve muito pouco futebol. Na segunda parte, o jogo deixou definitivamente de ser para artistas e para grandes gestos técnicos. Muito jogo directo, muita bola pelo ar, muito jogo físico e muito poucas oportunidades de golo. A melhor da segunda parte até pertenceu ao Santa Clara, mas o remate de Lamas, aos 69’, saiu por cima. E assim todos foram poupados a mais 30 minutos à mercê da depressão.

Continuar a ler
LINK ORIGINAL: Publico

Entornointeligente.com

Allanamiento a las oficinas de EntornoInteligente

Adscoins New Single

Adscoins

Nota de Prensa VIP

Smart Reputation