Favas "sem serem básicas" » EntornoInteligente

Favas “sem serem básicas”

favas_sem_serem_basicas_.jpg

Entornointeligente.com / Ana Leão tem 32 anos e já trabalhou em muitos restaurantes. Não só em Portugal mas em Espanha – onde trabalhou num dos restaurantes do chef Martin Berasategui em Tenerife e no Dos Palillos, em Barcelona, que tem uma estrela Michelin. Passou ainda pelo mítico El Buli de Ferran Adriá nas semanas ante do restaurante fechar. O gosto pela viagem e pela descoberta levou-a à Austrália.

Nos últimos dez anos tem feito a ponte entre os dois países, apenas interrompida por causa da pandemia. Por lá, explorou o país de uma ponta a outra numa pequena carrinha. Cozinhou, trabalhou em quintas, plantou árvores, desovou salmões. E desenvolveu o projeto Colher Torta. Em Portugal tem estado no restaurante O Velho Eurico em Lisboa e agora está a desenvolver um projeto em Vila Nova de Milfontes no restaurante Selina.

Favas “sem serem básicas” da chef Ana Leão

© Direitos Reservados

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

Subscrever 50 gramas de ervilhas frescas ou congeladas

50 gramas de favas frescas ou congeladas

1 ovo

20 gramas de avelãs

500 gramas de iogurte grego

Sumo e raspa de 2 limões

10 a 20 gramas de queijo da ilha com 24 meses

Vinagre balsâmico branco

Azeite, sal, pimenta

Salsa q.b.

Menta q.b.

Estragão fresco ou seco q.b

Escorrer o iogurte de um dia para o outro numa peneira/ escorredor forrada com um pano de cozinha fino e limpo, sobre um recipiente (guardar liquido para outros usos). No dia seguinte, juntar o sumo e raspa de um (ou mais) limão, retificar temperos .

Escaldar as favas em água e sal. Arrefecer em água e gelo. Descascar. Escaldar ervilhas da mesma forma. Assar as avelãs a 150 graus até ficarem torradinhas como café, sem medo algum. Avelãs cruas não! Picar ervas e avelãs grosseiramente. Juntar com azeite do bom, raspa e sumo de limão e vinagre ( deixar algumas avelãs para a finalização). Misturar os elementos da salada.

Favas “sem serem básicas” da chef Ana Leão

© Direitos Reservados

Escalfar o ovo – se não ficar bem não importa, ninguém te vai julgar. E se julgar, mais fica! Colocar o labneh no fundo do prato, seguido da salada. Raspar o queijo com um ralador ou descascador. Colocar o ovo por cima Terminar com o resto das avelãs e um fio de azeite.

Favas “sem serem básicas” da chef Ana Leão

© Direitos Reservados

Para o pairing com a sua receita de favas, a chef Ana Leão aconselha uma cerveja Musa Blondie ou um vinho verde Alvarinho.

LINK ORIGINAL: Diario Noticias

Entornointeligente.com

URGENTE: Conoce aquí los Juguetes más vendidos de Amazon www.smart-reputation.com

Smart Reputation

Noticias de Boxeo

Boxeo Plus
Boxeo Plus
Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation
Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation

Adscoins

Smart Reputation

Smart Reputation