Exigidas medidas contra autocaravanismo ilegal na Costa Vicentina - Cidades - Correio da Manhã - EntornoInteligente
Entornointeligente.com /

Uma praga que põe em causa a sustentabilidade dos recursos e o prestígio do Algarve.” É desta forma que o PSD classifica o autocaravanismo selvagem no Algarve. Por isso, Cristóvão Norte e José Carlos Barros, os deputados do partido, exigiram ao ministro da Economia uma atitude diferente para com esta prática, em especial na Costa Vicentina, que dizem ser “um caso paradigmático” do problema. “O Algarve não precisa, muito menos deseja, um turismo que violente o seu património natural e se constituía como uma galeria de horrores, como as que muitas vezes as populações locais têm que testemunhar”, dizem os deputados, em nota pública. Por isso, exigem “que seja dada prioridade à correção desta situação que não pode continuar a merecer o conformismo das entidades públicas”. Recorde-se que também as câmaras algarvias e alentejanas da Costa Vicentina (que vai de Vila do Bispo a Sines), já pediram o reforço da fiscalização ao autocaravanismo selvagem. A Associação de Freguesias do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina aprovou mesmo uma moção em que alerta para o “agravar” do problema, que pode “potenciar conflitos”. Já os deputados do PSD dizem que a atividade tem causado “assinaláveis prejuízos económicos, ambientais e sociais”. As autocaravanas, que estão a aumentar, “violam espaços de grande fragilidade ambiental, poluindo praias e falésias, num desordenamento penalizador para a região”, acrescentam, pedindo medidas adequadas, na revisão da legislação, na obrigação de pagamento no ato das contraordenações e na fiscalização. Continuar a ler
LINK ORIGINAL: Correio da manha

Entornointeligente.com

Advertisement

Nota de Prensa VIP

Smart Reputation

145061