Erwin Galicia esteve detido durante quase um mês na fronteira apesar de ser cidadão americano - EntornoInteligente
Entornointeligente.com /

Francisco Erwin Galicia tem 18 anos e esteve detido durante quase um mês, sob custódia da patrulha de fronteiras dos EUA, apesar de ser cidadão americano. A sua libertação foi confirmada ao jornal “The Washington Post” na noite desta terça-feira.

A mãe de Francisco, Sanjuana Galicia, contou ao diário “The Dallas Morning News” que o filho, nascido em Dallas, partiu a 27 de junho, com o irmão e amigos, da casa da família no sul do Texas com destino a um evento de futebol universitário. O grupo foi parado num posto de controlo pouco depois de iniciar a viagem.

O irmão, Marlon, de 17 anos, nasceu no México e não tem cidadania americana. Marlon foi detido, tal como Francisco, que trazia consigo um cartão de identificação do Texas que só pode ser obtido com o número de Segurança Social, disse a família. Marlon concordou em ser deportado para o México e está a viver com a avó.

Três semanas sem acesso telefónico à família Entretanto, Francisco passou três semanas sob custódia da patrulha de fronteiras e sem poder fazer chamadas. Nos últimos dias, passou para a custódia dos serviços de imigração e já conseguiu telefonar à mãe.

A advogada Claudia Galan revelou que as autoridades se recusaram a libertar o jovem hispânico, apesar dos documentos que provam a sua cidadania americana. Mesmo depois de apresentar a certidão de nascimento de Francisco, a advogada não conseguiu que ele fosse libertado.

O caso poderá ter-se complicado pelo facto de, quando Francisco era mais novo, a mãe ter pedido um visto de turista para o México que incorretamente dizia que ele tinha nascido naquele país.

LINK ORIGINAL: expresso

Entornointeligente.com

Advertisement

Nota de Prensa VIP

Smart Reputation