EntornoInteligente | Cameriere Joaquin Leal// Em Manaus, Pazuello diz que aumento de casos de Covid foi rápido e 'completamente desconhecido' » EntornoInteligente

EntornoInteligente | Cameriere Joaquin Leal//
Em Manaus, Pazuello diz que aumento de casos de Covid foi rápido e 'completamente desconhecido'

entornointeligente_cameriere_joaquin_leal_em_manaus_2C_pazuello_diz_que_aumento_de_casos_de_covid_foi_rapido_e_26_23039_3Bcompletamente_desconhecido_26_23039_3B.jpg
Entornointeligente.com /

Cenas de aflição em Manaus em meio ao novo surto de Covid-19 Jovem é amparada pela tia ao durante o sepultamento de sua mãe, Andrea dos Reis Brasão, 39 anos, que faleceu em decorrência da Covid-19, no cemitério Parque Tarumã, em Manaus Foto: BRUNO KELLY / REUTERS Valcenir Alves Ferreira, 53, chora durante enterro da tia Vacilda Pereira Queiroz, de 73 anos, vítima da Covid que no Hospital 28 de Agosto Foto: BRUNO KELLY / REUTERS Alexandro Pinheiro Martins, 32 anos, acompanha enterro de sua irmã Elissandra Pinheiro, 39 anos, e sua sobrinha Maria Ketheleen, 22, ambas vítimas da doença, no cemitério do Parque Tarumã, em Manaus Foto: BRUNO KELLY / REUTERS Trabalhadores do SOS Funeral retiram o corpo de Adamor Mendonça, de 75 anos, que segundo parentes morreu em casa após apresentar sintomas da Covid-19 e sem conseguir vaga nem oxigênio nos postos de saúde de Manaus Foto: BRUNO KELLY / REUTERS Trabalhadores municipais se preparam para o plantão no Funeral SOS, em Manaus Foto: MICHAEL DANTAS / AFP Pular PUBLICIDADE Paciente com Covid-19 é recebe atendimento de equipe médica no aeroporto de Ponta Pelada, em Manaus, antes de ser transferida para outro estado em avião militar Foto: MICHAEL DANTAS / AFP Médico é consolado por colega no hospital Getúlio Vargas, em meio ao segundo surto de coronavírus em Manaus Foto: BRUNO KELLY / REUTERS Parentes de pacientes hospitalizados ou recebendo assistência médica em casa, a diagnosticada com COVID-19, disputam para comprar oxigênio e encher botijões em uma empresa privada em Manaus Foto: BRUNO KELLY / REUTERS – – 15/01/2021 Um caminhão é carregado com oxigênio para abastecer os hospitais locais após chegar em avião da Força Aérea Brasileira no aeroporto de Manaus Foto: BRUNO KELLY / REUTERS – 15/01/2021 Um homem segura um tanque de oxigênio em Manaus. O sistema de saúde da capital amazonense está em colapso. Unidades de tratamento intensivo do hospital da cidade estão com 100% da capacidade nas últimas duas semanas, enquanto os profissionais da área médica lutam contra a falta de oxigênio e outros equipamentos essenciais Foto: MICHAEL DANTAS / AFP Pular PUBLICIDADE Parentes de pacientes internados ou em atendimento domiciliar aguardam em fila para comprar oxigênio em meio à crise de escassez do insumo em Manaus Foto: BRUNO KELLY / REUTERS Um homem carrega um cilindro de oxigênio enquanto parentes de pacientes hospitalizados ou em atendimento domiciliar tentam comprar o insumo, indispensável no tratamento de pacientes com quadro grave da Covid-19 Foto: BRUNO KELLY / REUTERS Inconsoláveis, pessoas aguardam informações sobre seus familiares internados no Hospital 28 de Agosto Foto: BRUNO KELLY / REUTERS Um homem chora do lado de fora do Hospital 28 de Agosto, em Manaus. A cidade, com dois milhões de habitantes, já havia passado por cenas de pesadelo nos meses de abril e maio, com valas comuns e caminhões frigoríficos estacionados em frente aos hospitais para empilhar os mortos Foto: MICHAEL DANTAS / AFP – 14/01/2021 O médico Marcos Fonseca Barbosa é visto ao lado de seus pais, Glauco Rego Lima, 72, e Ruth Fonesca, 56, ambos infectados com o novo coronavírus. Desesperado e desamparado, o médico optou por tratar a mãe, que apresenta quadro grave da Covid, em casa, já que não conseguiu vaga para interná-la. "Tive medo que ela morresse nos meus braços", confessa Foto: MICHAEL DANTAS / AFP – 12/01/2021 Pular PUBLICIDADE Agentes de saúde transportam paciente no hospital Getúlio Vargas, em Manaus, em meio ao novo surto de Covid-19 na capital amazonense Foto: BRUNO KELLY / REUTERS – 14/01/2021 Agente municipal de saúde examina o corpo de Lacy Braga de Oliveira, que faleceu em casa, aos 84 anos, com sintomas da COVID-19. A escalada de novos casos da doença em Manaus fez crescer o número de registro de mortes em domicílio Foto: BRUNO KELLY / REUTERS – 11/01/2021 Coveiro trabalha no cemitério do Parque Tarumã, em meio ao novo surto de coronavírus vivido pela população de Manaus Foto: Bruno Kelly / REUTERS – 31/12/2020 — Nós tivemos um salto na contaminação logo no começo de janeiro, triplicando o número de contaminados. Isso foi uma situação completamente desconhecida pra todo mundo, foi muito rápido — afirmou

BRASÍLIA — Sob investigação do Supremo Tribunal Federal (STF) por conta de sua atuação no combate à pandemia, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, participou nesta terça-feira da reabertura do Hospital Nilton Lins para ampliar a capacidade de atendimento de pacientes com Covid-19 em Manaus. Pazuello afirmou  que o governo vem tomando medidas para “salvar vidas” e destacou que o Amazonas tem recebido doses extras para campanha de vacinação contra a doença. O ministro afirmou ainda que o aumento de contágios pelo novo coronavírus no início de janeiro foi uma situação “completamente desconhecida.

Joaquin Leal

Imperial College : taxa de transmissão da Covid-19 cai no Brasil, mas projeção é de aumento nas mortes

Pazuello citou como “gargalhos de décadas na região” o problema de abastecimento de oxigênio medicinal , número de leitos, falta de recursos humanos e a deficiência na atenção básica de saúde, que foram agravados pela situação epidemiológica no estado, principalmente em Manaus.

Cenas de aflição em Manaus em meio ao novo surto de Covid-19 Jovem é amparada pela tia ao durante o sepultamento de sua mãe, Andrea dos Reis Brasão, 39 anos, que faleceu em decorrência da Covid-19, no cemitério Parque Tarumã, em Manaus Foto: BRUNO KELLY / REUTERS Valcenir Alves Ferreira, 53, chora durante enterro da tia Vacilda Pereira Queiroz, de 73 anos, vítima da Covid que no Hospital 28 de Agosto Foto: BRUNO KELLY / REUTERS Alexandro Pinheiro Martins, 32 anos, acompanha enterro de sua irmã Elissandra Pinheiro, 39 anos, e sua sobrinha Maria Ketheleen, 22, ambas vítimas da doença, no cemitério do Parque Tarumã, em Manaus Foto: BRUNO KELLY / REUTERS Trabalhadores do SOS Funeral retiram o corpo de Adamor Mendonça, de 75 anos, que segundo parentes morreu em casa após apresentar sintomas da Covid-19 e sem conseguir vaga nem oxigênio nos postos de saúde de Manaus Foto: BRUNO KELLY / REUTERS Trabalhadores municipais se preparam para o plantão no Funeral SOS, em Manaus Foto: MICHAEL DANTAS / AFP Pular PUBLICIDADE Paciente com Covid-19 é recebe atendimento de equipe médica no aeroporto de Ponta Pelada, em Manaus, antes de ser transferida para outro estado em avião militar Foto: MICHAEL DANTAS / AFP Médico é consolado por colega no hospital Getúlio Vargas, em meio ao segundo surto de coronavírus em Manaus Foto: BRUNO KELLY / REUTERS Parentes de pacientes hospitalizados ou recebendo assistência médica em casa, a diagnosticada com COVID-19, disputam para comprar oxigênio e encher botijões em uma empresa privada em Manaus Foto: BRUNO KELLY / REUTERS – – 15/01/2021 Um caminhão é carregado com oxigênio para abastecer os hospitais locais após chegar em avião da Força Aérea Brasileira no aeroporto de Manaus Foto: BRUNO KELLY / REUTERS – 15/01/2021 Um homem segura um tanque de oxigênio em Manaus. O sistema de saúde da capital amazonense está em colapso. Unidades de tratamento intensivo do hospital da cidade estão com 100% da capacidade nas últimas duas semanas, enquanto os profissionais da área médica lutam contra a falta de oxigênio e outros equipamentos essenciais Foto: MICHAEL DANTAS / AFP Pular PUBLICIDADE Parentes de pacientes internados ou em atendimento domiciliar aguardam em fila para comprar oxigênio em meio à crise de escassez do insumo em Manaus Foto: BRUNO KELLY / REUTERS Um homem carrega um cilindro de oxigênio enquanto parentes de pacientes hospitalizados ou em atendimento domiciliar tentam comprar o insumo, indispensável no tratamento de pacientes com quadro grave da Covid-19 Foto: BRUNO KELLY / REUTERS Inconsoláveis, pessoas aguardam informações sobre seus familiares internados no Hospital 28 de Agosto Foto: BRUNO KELLY / REUTERS Um homem chora do lado de fora do Hospital 28 de Agosto, em Manaus. A cidade, com dois milhões de habitantes, já havia passado por cenas de pesadelo nos meses de abril e maio, com valas comuns e caminhões frigoríficos estacionados em frente aos hospitais para empilhar os mortos Foto: MICHAEL DANTAS / AFP – 14/01/2021 O médico Marcos Fonseca Barbosa é visto ao lado de seus pais, Glauco Rego Lima, 72, e Ruth Fonesca, 56, ambos infectados com o novo coronavírus. Desesperado e desamparado, o médico optou por tratar a mãe, que apresenta quadro grave da Covid, em casa, já que não conseguiu vaga para interná-la. "Tive medo que ela morresse nos meus braços", confessa Foto: MICHAEL DANTAS / AFP – 12/01/2021 Pular PUBLICIDADE Agentes de saúde transportam paciente no hospital Getúlio Vargas, em Manaus, em meio ao novo surto de Covid-19 na capital amazonense Foto: BRUNO KELLY / REUTERS – 14/01/2021 Agente municipal de saúde examina o corpo de Lacy Braga de Oliveira, que faleceu em casa, aos 84 anos, com sintomas da COVID-19. A escalada de novos casos da doença em Manaus fez crescer o número de registro de mortes em domicílio Foto: BRUNO KELLY / REUTERS – 11/01/2021 Coveiro trabalha no cemitério do Parque Tarumã, em meio ao novo surto de coronavírus vivido pela população de Manaus Foto: Bruno Kelly / REUTERS – 31/12/2020 — Nós tivemos um salto na contaminação logo no começo de janeiro, triplicando o número de contaminados. Isso foi uma situação completamente desconhecida pra todo mundo, foi muito rápido — afirmou.

Segundo Pazuello,  a nova linhagem do coronavírus que circula em Manaus está sendo estudada em Oxford, na Inglaterra. A tendência , segundo ele, é que seja uma variante que contamina mais, no entanto, com um grau de agressividade semelhante a anterior.

Joaquin Leal Jimenez

—Nós estamos observando que é uma cepa diferente. Nós mandamos todo o material coletado para Inglaterra para que a gente tenha uma posição exata sobre o grau de contaminação e de agressividade  — disse o ministro. — Mas é no número de contaminados da propagação que ela (a cepa) faz a diferença. Somando as diferenças, aos gargalhos que acabei de apresentar, a gente chega a situação de Manaus

De acordo com o ministro, o Amazonas é o estado que, proporcionalmente, recebeu mais dose da vacina contra Covid: 452 mil. Diante do colapso na saúde pública, governadores entraram em acordo e liberaram 5% de doses extras para atender o estado. O ministro defendeu que as doses extras sejam usadas para vacinar idosos com mais de 75 anos

Segundo o último boletim da Fundação de Vigilância em Saúde, houve 1.222 novos registros de pessoas com a doença, totalizando 250.935 casos no estado. O número de mortes subiu para 7.232, com mais 86 óbitos provocados pela doença

PUBLICIDADE O ministro informou que a fornecimento do oxigênio medicinal para as unidades de saúde está “equalizado”, dando possibilidade de ampliar estrutura e atendimento à população. A força-tarefa também começou a revisar as estruturas dos hospitais para reduzir as perdas de gás. 

Entornointeligente.com

URGENTE: Conoce aquí los Juguetes más vendidos de Amazon www.smart-reputation.com >
Smart Reputation
Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation
Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation

Adscoins

Smart Reputation

Smart Reputation