Eleições presidenciais. Trump pede a apoiantes para pressionarem Congresso com manifestação » EntornoInteligente

Eleições presidenciais. Trump pede a apoiantes para pressionarem Congresso com manifestação

eleicoes_presidenciais_trump_pede_a_apoiantes_para_pressionarem_congresso_com_manifestacao.jpg
Entornointeligente.com /

Na sessão conjunta com a Câmara dos Representantes e o Senado, Pence deverá cumprir a formalidade de abrir e ler os certificados que anunciam a contagem dos grandes eleitores de cada Estado antes de declarar o vencedor

O presidente dos EUA, Donald Trump, pediu esta segunda-feira aos seus apoiantes para se manifestarem em Washington, a 6 de janeiro, numa última tentativa de pressionar o Congresso a não certificar a vitória de Joe Biden nas eleições.

Milhares de manifestantes são esperados nessa data na capital norte-americana para apoiar o presidente cessante e as suas acusações (não provadas) de fraude eleitoral na eleição presidencial de novembro , entre os quais elementos de grupos violentos de extrema-direita como os “Proud Boys”.

Durante o fim de semana, Trump utilizou o Twitter para exortar os seus seguidores a aderir ao protesto, apelidando o ato eleitoral de 3 de novembro como “a maior fraude da história do país” .

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

Subscrever “Vemo-nos em Washington no dia 06 de janeiro. Não falte”, apelou em duas publicações naquela rede social.

O presidente pretende que os manifestantes pressionem o Congresso para reverter a sua derrota nas urnas.

O vice-presidente Mike Pence presidirá, em 06 de janeiro, a uma sessão do Congresso para certificar os votos do colégio eleitoral de cada Estado norte-americano, onde Joe Biden obteve os votos de 306 grandes eleitores contra os 232 de Donald Trump.

Na sessão conjunta com a Câmara dos Representantes e o Senado, Pence deverá cumprir a formalidade de abrir e ler os certificados que anunciam a contagem dos grandes eleitores de cada Estado antes de declarar o vencedor.

Mas Donald Trump e os seus apoiantes estão a tentar pressionar o vice-presidente para rejeitar os certificados eleitorais de Estados onde Joe Biden saiu vencedor, um poder que Pence não tem, de acordo com vários especialistas jurídicos do país.

Por falta de provas tangíveis para apoiar as acusações de “fraude maciça”, as cerca de 50 queixas apresentadas pelos apoiantes de Donald Trump nos Estados Unidos foram quase todas retiradas ou rejeitadas pelos tribunais.

Resistência à transição do poder, diz Biden. Por outro lado, o Presidente eleito dos Estados Unidos, o democrata Joe Biden, disse esta segunda-feira que ainda há “obstáculos” ao processo de transição entre administrações, em particular no que diz respeito ao Pentágono e ao Gabinete de Gestão e Orçamento.

“Encontrámos obstáculos por parte das lideranças políticas do Departamento da Defesa e do Gabinete de Gestão e Orçamento. A verdade é que muitas agências que são fulcrais para a nossa segurança sofreram danos enormes, muitas das quais foram esvaziadas de pessoal e de moral”, lamentou Biden, através de um discurso transmitido através da rede social Twitter, a partir de Wilmington, no Delaware.

Entornointeligente.com

URGENTE: Conoce aquí los Juguetes más vendidos de Amazon www.smart-reputation.com >
Smart Reputation
Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation
Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation

Adscoins

Smart Reputation

Smart Reputation