Doria fora das eleições: PSDB agoniza em praça pública 'matando seu candidato sem pudor', analisa Vera Magalhães

doria_fora_das_eleicoes_psdb_agoniza_em_praca_publica_26_23039_3Bmatando_seu_candidato_sem_pudor_26_23039_3B_2C_analisa_vera_magalhaes.jpg
Entornointeligente.com /

fique por dentro

Eleições Varíola dos macacos Loterias Destaques do Fantástico Fórum em Davos Doria fora das eleições: PSDB agoniza em praça pública 'matando seu candidato sem pudor', analisa Vera Magalhães Ex-governador de São Paulo deixou disputa pelas eleições presidenciais após desgaste com a ala do partido que apoiava a candidatura de Eduardo Leite. Saída de Doria ainda causou mais um racha no PSDB. Por g1

24/05/2022 05h01 Atualizado 24/05/2022

A semana começou com a desistência de João Doria da corrida presidencial. O ex-governador de São Paulo vinha enfrentando desgastes com a ala do partido que apoiava a candidatura de Eduardo Leite , a despeito do fato de Doria ter vencido as prévias do PSDB por 53,99% dos votos contra 44,66% do governador do Rio Grande do Sul.

1 de 1 João Doria, ex-governador de SP, retirou sua pré-candidatura à Presidência pelo PSDB — Foto: Suamy Beydoun/Agif/Estadão Conteúdo João Doria, ex-governador de SP, retirou sua pré-candidatura à Presidência pelo PSDB — Foto: Suamy Beydoun/Agif/Estadão Conteúdo

Vera Magalhães, colunista do jornal «O Globo» e comentarista da rádio CBN, avalia que o partido se mostra «sem alma e sem caráter» ao atacar Doria, comprometendo suas chances de emplacar uma terceira via, em alternativa a Lula e Bolsonaro, nas eleições presidenciais.

«É um partido que realmente agoniza em praça pública, com muita dificuldade de ter um projeto para o país», diz.

«Um partido que se lança em uma guerra fratricida como o PSDB se lançou – matando o seu candidato em praça pública e sem nenhum pudor – deixa de ser um partido que tem algo próximo a caráter», analisa Vera Magalhães em entrevista ao podcast O Assunto .

Eduardo Leite comenta desistência de Doria: 'Gesto pela unificação da terceira via' Cinco nomes já saíram da disputa pela Presidência; veja lista

Uma reunião da Comissão Executiva Nacional marcada para acontecer nesta terça-feira (24) foi adiada para 2 de junho. A expectativa era que fosse confirmado o apoio à Simone Tebet (MDB – MS) como pré-candidata a presidente da República.

Mas o PSDB precisa ganhar tempo diante de mais um racha no partido: os ex-presidentes do PSDB Aécio Neves, José Aníbal e Pimenta da Veiga, além do ex-governador Marconi Perillo, defendem um movimento de candidatura própria. Segundo o colunista Valdo Cruz, a ala deve defender a candidatura de Eduardo Leite .

Tucanos no vagão

Diante de mais uma disputa interna dentro do PSDB, Vera Magalhães aponta falta de coerência no discurso de Aécio :

«O que os tucanos estão tendo dificuldade é que eles não são mais a locomotiva. Eles estão como vagão, e não estão aceitando bem. Essa realidade ligada ao Aécio Neves está estrebuchando dizendo que tem que ter candidatura própria, como se não tivessem sido eles os primeiros a implodir a candidatura do João Doria .»

Para Magalhães, a dificuldade em fechar alianças também é reflexo da polarização entre Lula e Bolsonaro, que teria tirado «o apetite dos partidos por entrar de verdade nessa briga.»

«Para muitos, essa desistência do Doria foi a licença que alguns tucanos precisavam para cair no colo do Jair Bolsonaro de uma vez.»

Como fica o futuro político de Doria?

Fora da disputa presidencial e do governo de São Paulo, Doria segue no PSDB. Mas a previsão de Vera Magalhães em entrevista a Renata Lo Prete é a de que o tucano se recolher da vida política, pelo menos momentaneamente.

«Não vejo nele [Doria] nem o grande pendor de voltar atrás, ou seja, voltar a ser prefeito – algo que ele abandonou para ser governador. Também não vejo um perfil legislativo no João Doria . Ele é alguém muito do executivo, que gostava de se mostrar como gestor e não como político. Então não vejo um espaço no qual ele pudesse transitar dentro da política nesse momento», avalia.

Ouça a entrevista completa no episódio #712 do podcast O Assunto .

Episódios anteriores

Trégua no preço dos combustíveis seria possível se Bolsonaro parasse de criar crises institucionais, avalia Miriam Leitão Homeschooling ataca direito universal das crianças e adolescentes de frequentarem escola, avalia professor

LINK ORIGINAL: G1 Globo

Entornointeligente.com