Dona de clínica onde funkeira MC Atrevida fez procedimento antes de morrer é pré-candidata a vereadora - EntornoInteligente
Entornointeligente.com /

RIO – A Rainha das Plásticas. Essa é a alcunha que Wania Tavares se apresenta para divulgar sua clínica de estética, em Vila Isabel, na Zona Norte do Rio. Foi nesse local que a funkeira Fernanda Rodrigues, a MC Atrevida, fez uma lipoescultura, passou mal dez dias depois e morreu na última segunda-feira, dia 27 , no Hospital Evandro Freire, na Ilha do Governador. Wania, de 57 anos, divulgou em seu site oficial que é pré-candidata a vereadora. No perfil contado sobre a sua história, ela revela que já passou por mais de 20 procedimentos e que teve problemas no primeiro deles, uma abdominoplastia.

“Eu me chamo Wania Iluminada, há dez anos fiz minha primeira plástica. Foi uma abdominoplastia com lipo não obtive êxito. Procurei outra cirurgiã para tentar consertar o erro do outro médico com hidrolipo. Piorou a situação , porém a Dra havia explicado que teria que refazer a cirurgia, eu que estava relutante e sem dinheiro para refazer e passar por todo processo de pós operatório”, descreve em sua página.

Alerta : Após morte de MC Atrevida, especialistas alertam sobre cuidados com procedimento estético e preços ‘em conta’

Ainda insatisfeita com os problemas das cirurgias anteriores, Wania fez uma terceira abdominoplastia com um médico em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Ela afirma que ficou “perfeita e deslumbrada”, por isso resolveu realizar outras cirurgias, por isso se autointitula “Rainha das Plásticas”. A dona da clínica tem mais de 45 mil seguidores em diversas redes sociais e faz propaganda dos procedimentos, ao publicar imagens do antes e depois de suas  próprias cirurgias, e até de outras clientes, o que não é permitido pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBPA).

Relato: Filha de MC Atrevida depõe na Polícia pela morte da funkeira depois de procedimento estético

PUBLICIDADE Wania já teria feito mais de 20 procedimentos estéticos Foto: Reprodução  

“Aqui é a Vânia, rainha das plásticas. Nós temos as nossas plásticas aqui, as nossas consultas, valores populares e estou com três clínicas para atender as minhas meninas”, disse ela em um dos vídeos publicados nas redes sociais.

Wania será intimada para depor na 20ªDP (Vila Isabel), que investiga o caso. O médico que realizou o procedimento também vai prestar esclarecimentos.

Fechada: Prefeitura interdita clínica de estética em Vila Isabel onde funkeira realizou procedimento antes de morrer

Defesa pela internet Em uma live pelo Instagram, Wania Tavares, dona da clínica e que se autointitula “Rainha das Plásticas”, afirmou que vai aguardar o laudo com a causa da morte, mas que está tranquila.

“Eu não gostaria de falar agora, eu gostaria de esperar os laudos. Porém, como vai sair na TV, eu já vou explanando porque vocês têm o direito de já saber. Uma MC fez um procedimento de hidrolipo, que é um enxerto de bumbum, na minha — não sou médica, sou empresária, dona da clínica — vinha relatando que estava doendo, se sentindo mal, fomos acompanhando o processo. No dia 26, ela veio a falecer num hospital na Ilha do Governador, que ela é de lá. Estou sem advogado ainda. Eu estou com a minha consciência supertranquila quanto ao procedimento, que foi feito corretamente”, afirmou.

PUBLICIDADE Após prisão : Com registro cassado, Dr. Bumbum dá cursos de capacitação em medicina estética

Ainda durante a transmissão ao vivo em seu perfil, Wania relata uma conversa com a filha de MC Atrevida, após a mãe ser internada no hospital. A dona clínica leu parte da mensagem:

“Filha: Deixa eu perguntar, o que foi colocado na bunda dela? A médica que a atendeu disse que pode ter mistura?”

A “Rainha das plásticas” afirmou na live que “não coloca nenhuma mistura no bumbum de ninguém”. Em sua defesa, Wania disse que, quando foi colocada a gordura, “já tinha alguma coisa lá e que misturou, por isso deu problema”.

“Quando se coloca silicone industrial, entra líquido, faz bolinhas e vai espalhando no corpo. Não estou dizendo que tem ou não, a médica que desconfiou”, disse na live.

Cuidado com referências : Saiba como verificar credenciais dos médicos para não correr riscos

Clínica interditada A Prefeitura do Rio, por meio da Subsecretaria de Vigilância Sanitária , esteve na tarde desta quinta-feira, 30/07, na clínica de estética da Rua Hipólito da Costa, 171, em Vila Isabel, onde a MC Atrevida se submeteu  a uma hidrolipo e faleceu no último dia 27 . Na ação realizada com o apoio de policiais da Delegacia de Defesa do Consumidor (Decon), fiscais encontraram o estabelecimento fechado, o que impediu a inspeção. Sem a licença sanitária, que é uma das exigências para o funcionamento, a clínica acabou interditada pela Vigilância, pasta vinculada à Secretaria Municipal de Saúde.

LINK ORIGINAL: OGlobo

Entornointeligente.com

Ir a Smart Reputation

Publicidad en Entorno

Adscoins

Smart Reputation