Do convite à dança de um fado batido às coisas que só um oráculo dá a ver

do_convite_a_danca_de_um_fado_batido_as_coisas_que_so_um_oraculo_da_a_ver.jpg
Entornointeligente.com /

«Ai… se o santo padre soubesse o gosto que o fado tem, vinha bater o fado também!» –  são palavras cantadas pela voz notável de Jonas, que em Bate Fado é coreógrafo, bailarino e fadista, por entre guitarras, músicos e bailarinos que batem o fado, o sapateiam e o contorcem com alma. Foi com esta peça vibrante e sedutora da dupla Jonas & Lander que o Teatro Municipal Rivoli, no Porto, reabriu em êxtase para o arranque de um DDD – Festival Dias da Dança que, impossibilitado pela pandemia em 2020, reatou a sua relação com as luzes do palco e a euforia de uma plateia em regresso.

LINK ORIGINAL: Publico

Entornointeligente.com