Conheça os robôs que são responsáveis pelo serviço de quarto em hotéis de Cingapura - EntornoInteligente

OGlobo /

RIO – Um mundo totalmente robotizado ainda é uma realidade distante. Mas, na hotelaria pelo menos, lidar com robôs está cada vez mais comum. Em Cingapura, dois hotéis, o Jen Orchardgateway e o Jen Tanglin Singapore, da rede Shagri-la, já empregam dois deles para entregas nos quartos.

Veja também Itália tem o primeiro robô recepcionista de hotel Jeno e Jena começaram a “trabalhar” no fim de 2017. Com menos de um metro de altura, eles podem ser encontrados no saguão, cada um “vestido” com uniforme. A principal função das máquinas é entregar as encomendas e os pedidos dos hóspedes do hotel, desde uma toalha extra até uma refeição.

Cada robô demora, em média, 15 minutos para efeturar o serviço e o peso máximo que podem carregar é de 4,5kg.

Publicidade

Para realizar o trabalho, Jeno e Jena estão equipados com sensores que lhes permitem evitar obstáculos e se movem a 2,5km/h. Eles também usam o Wi-Fi para fazer chamadas telefônicas para os quartos dos hóspedes no momento da chegada e notificá-los de sua entrega.

Tudo o que a equipe da recepção precisa fazer é inserir o número do quarto do hotel no sistema dos robôzinhos.

Outras informações no site oficial da rede Shangri-la .

Conheça os robôs que são responsáveis pelo serviço de quarto em hotéis de Cingapura

Con Información de OGlobo

www.entornointeligente.com

Síguenos en Twitter @entornoi

Entornointeligente.com