Como Costa já driblou o partido, o Governo, a ‘geringonça’ e a oposição

como_costa_ja_driblou_o_partido_2C_o_governo_2C_a_lgeringoncar_e_a_oposicao.jpg
Entornointeligente.com /

O apoio de António Costa à recandidatura de Marcelo Rebelo de Sousa (e o contexto em que o fez) deixou uma parte do Partido Socialista em polvorosa. Ana Gomes, que ainda não desistiu do ticket presidencial, classificou o episódio como «deprimente» e recordou que este não era o «partido do Costa». Francisco Assis, que tinha lançado Ana Gomes, lembrou que «decidir sobre o presidente da República não é o mesmo que decidir sobre um presidente da Junta». Manuel Alegre, que já sofreu na pele a dificuldade histórica do PS em gerir eleições presidenciais, pôs-se ao lado da ex-eurodeputada. «Como Ana Gomes, não gostei do que se passou na Autoeuropa». E estes foram apenas alguns dos socialistas que aceitaram dar voz e rosto ao descontentamento que vai crescendo no interior do partido.

Carlos César, presidente do PS, adiou o congresso socialista para depois das presidenciais para que este não ficasse dominado pelo tema. Esta quinta-feira, António Costa vai à comissão política do partido apresentar as linhas gerais do Programa de Estabilização Económica e Social, tentando convencer todos a ignorar o elefante na sala. Mas sem sucesso: explica o Público, há socialistas dispostos a obrigar António Costa a dar explicações.

Um primeiro-ministro dar a mão ao Presidente da República em funções não é sequer é uma originalidade — tal como Expresso aqui recorda, Aníbal Cavaco Silva fê-lo com o apoio a Mário Soares, em 1991, mas apenas depois de consultar os órgãos máximos do partido. Já o momento escolhido por Costa — em pleno folhetim Mário Centeno-Novo Banco — e o objetivo último e óbvio do gesto — desviar as atenções mediáticas da crise governativa instalada — deixaram muitos socialistas de cabeça perdida com a finta de corpo do primeiro-ministro. E não foi a primeira vez que Costa chocou o partido — ou uma parte dele, pelo menos.

Artigo Exclusivo para assinantes

No Expresso valorizamos o jornalismo livre e independente

É assinante? FAÇA LOGIN Assine e continue a ler

Comprou o Expresso?

Use o código de acesso presente na Revista E para continuar a ler

Use o Código
LINK ORIGINAL: expresso

Entornointeligente.com