Com Mbappé e Kanté favoritos, Eurocopa vira 'sprint' final pelo prêmio de melhor jogador do mundo » EntornoInteligente

Com Mbappé e Kanté favoritos, Eurocopa vira 'sprint' final pelo prêmio de melhor jogador do mundo

com_mbappe_e_kante_favoritos_2C_eurocopa_vira_26_23039_3Bsprint_26_23039_3B_final_pelo_premio_de_melhor_jogador_do_mundo.jpg

Entornointeligente.com / Poucas vezes a Eurocopa esteve tão destinada a trazer uma resposta sobre o futebol mundial. Como a temporada no Velho Continente foi atípica, com os astros Lionel Messi e Cristiano Ronaldo não emplacando títulos de expressão, a disputa pelo prêmio de melhor jogador do mundo está completamente aberta. Por isso, o torneio continental ganha peso especial porque, além do troféu, pode ser a porta de entrada para o maior prêmio individual existente.

História: Como a Eurocopa reflete as tensões políticas ao longo de seis décadas

Neste caso, três jogadores observam atentamente esta possibilidade: o meio-campista Kevin De Bruyne, do Manchester City e da seleção belga; o atacante Kylian Mbappé, do Paris Saint-Germain e da seleção francesa; e o volante N’Golo Kanté, do Chelsea e também da França. Eles são os favoritos — e cada um com argumentos e motivos distintos.

Grupos Eurocopa Foto: Editoria de arte Kevin De Bruyne Títulos: Campeonato Inglês, Copa da Liga Inglesa Jogos: 45 Gols: 12 Assistências: 20

 

Para De Bruyne, pesa a regularidade. O belga soma os títulos da Premier League e da Copa da Liga Inglesa na atual temporada. Foi derrotado na final da Liga dos Campeões, mas deixou o gramado no segundo tempo devido a uma lesão no rosto. Com 12 gols em 45 jogos na temporada, é praticamente certo que ele levará o prêmio se guiar a Bélgica rumo a um inédito título de Eurocopa.

Os 30 melhores times campeões da história do Brasileirão escolhidos por jornalistas O GLOBO e o 'Extra' convocaram mais de 60 jornalistas que escolheram os principais vencedores do Campeonato Brasileiro dos últimos 50 anos. Foto: Montagem sobre fotos de arquivo 30º – BAHIA (1989) – Jogadores celebram vitória na segunda conquista do clube baiano na competição nacional. Foto: Site oficial do Bahia 29º – GRÊMIO (1981) – O versátil Paulo Isidoro passa pela marcação de Emerson, do São Paulo. Foto: Arquivo/O Globo 28º – ATLÉTICO-MG (1971) – Com vitória sobre o Botafogo, o Galo levou a primeira edição do nacional com o nome de Brasileiro. Foto: Arquivo/O Globo 27º – SÃO PAULO (2007) – O atacante Borges em partida contra o Vasco, no Morumbi. Foto: Nelson Coelho / Nelson Coelho Pular PUBLICIDADE 26º – FLAMENGO (1987) – Zico em partida contra o Santa Cruz, no Maracanã. Foto: Hipólito Pereira / Hipólito Pereira/O Globo 25º – VASCO (2000) – Romário celebra gol em empate contra o Bahia, pela Copa João Havelange. Foto: Jonne Roriz/Coperphoto/L! Sportpress 24º – CORINTHIANS (1998) – Marcelinho Carioca comemora o título do Timão. Foto: Luiz Carlos Santos/Agência O Globo 23º – PALMEIRAS (1972) – O craque Ademir da Guia com a faixa de campeão. Foto: Arquivo/O Globo 22º – GUARANI (1978) – O craque Careca, destaque do Bugre no único título nacional. Foto: Arquivo/O Globo Pular PUBLICIDADE 21º – SÃO PAULO (1991) – O tricolor de Muller, que viria a ser bicampeão mundial nos anos seguintes. Foto: Jose Carlos Moreira / Agência O Globo 20º – FLUMINENSE (2012) – Thiago Neves e Fred comemoram mais uma conquista nacional. Foto: Ricardo Ayres/Photocamera 19º – PALMEIRAS (1973) – Em pé: Alfredo, Leão, Luis Pereira, Eurico, Dudu e Zecão. Agachados: Ronaldo, Cesar, Leivinha e Ademir da Guia. Foto: Antônio Carlos Piccino/O Globo 18º – INTERNACIONAL (1975) – Figueroa (camisa 3 do Internacional) marca de cabeça o gol da vitória sobre o Cruzeiro. Foto: Arquivo/Agência O Globo 17º – CRUZEIRO (2013) – Time mineiro conquistaria em 2013 o primeiro de dois títulos seguidos sob comando de Marcelo Oliveira. Foto: Bruno Gonzalez/Extra Pular PUBLICIDADE 16º – FLAMENGO (1983) – Flamengo em partida contra o Vasco, pelo Brasileiro de 1983 Foto: Anibal Philot/Agência O Globo 15º – SÃO PAULO (1986) – Careca tenta passar pela marcação de Vica, do Fluminense, no Brasileiro de 1986. Foto: Hipólito Pereira/Agência O Globo 14º – FLUMINENSE (1984) – Braço erguido, punho fechado, o centroavante Washington (jogador) é abraçado por Leomir e sorri, na comemoração do seu gol. Foto: Luiz Pinto/Agência O Globo 13º – CORINTHIANS (2015) – Jogadores do Corinthians em partida contra o Goiás. Foto: Daniel Augusto Jr. / Daniel Augusto Jr./ Ag. Corinthians 12º – SANTOS (2002) – Os meninos da Vila, Robinho e Diego, com a taça de campeão. Foto: Ricardo Bakker/Diário Pular PUBLICIDADE 11º – SÃO PAULO (2006) – Tricolores erguem a taça depois de empate com o Athletico, no Morumbi. Foto: Rickey Rogers / Rickey Rogers/Reuters 10º – CORINTHIANS (1999) – Luizão passa por Vagner, do São Paulo. Foto: Reginaldo Castro/Lance! 9º – FLAMENGO (1982) – Time posado no Maracanã: Leandro, Raul, Marinho, Figueiredo e Junior. Agachados: Tita, Adílio, Nunes, Zico e Lico. Foto: Sebastião Marinho/O Globo 8º – PALMEIRAS (1993) – Edilson e César Sampaio celebram a primeira de duas conquistas do clube na década de 1990. Foto: Claudio Rossi/O Globo 7º – INTERNACIONAL (1976) – Na decisão, Colocardo passou pelo Corinthians, no Beira-Rio. Foto: Arquivo/O Globo Pular PUBLICIDADE 6º – VASCO (1997) – Edmundo é erguido após conquista do cruz-maltino no Maracanã. Foto: Custódio Coimbra / O GLOBO 5º – PALMEIRAS (1994) – Rivaldo celebra gol contra o Corinthians, no Pacaembu. Foto: Marcos Issa/O Globo 4º – INTERNACIONAL (1979) – Falcão comemora mais um título nacional pelo Colorado. Foto: Divulgação/Site oficial do Internacional 3º – FLAMENGO (1980) – Zico corre para a festa em partida contra o Atlético-MG. Foto: Anibal Philot/O Globo 2º – CRUZEIRO (2003) – Alex foi o maestro da conquista do primeiro Brasileiro dos pontos corridos. Foto: Bruno Domingos / Reuters Pular PUBLICIDADE 1º – FLAMENGO (2019) – Gabigol ergue a taça em fim de ano histórico sob o comando de Jorge Jesus. Foto: CARL DE SOUZA / AFP  

Já Kanté pode encher o peito para dizer que é campeão da Liga dos Campeões. E tendo atuações de destaque nas fases decisivas do torneio. Não é comum ver um volante — ainda mais de marcação — levando o prêmio, mas as redes sociais já iniciaram campanha para elegê-lo o melhor do mundo. Nas 53 partidas que Kanté fez na temporada, o Chelsea sofreu 30 gols. Até seu companheiro de seleção francesa Paul Pogba demonstrou apoio.

N’Golo Kanté Títulos: Liga dos Campeões Jogos: 53 Gols: 1 Assistências: 3 — Eu disse há muito tempo que seria apropriado, se o Chelsea fosse campeão, que ele ganhasse a Bola de Ouro. Seria merecido. Ele sempre tem um bom desempenho. Não estou surpreso com o que ele está fazendo, apenas estou surpreso que ele ainda esteja fazendo isso. Ele sempre jogou partidas assim — afirmou Pogba.

Who wouldn’t want to see it?    pic.twitter.com/lMYC4SDRIn

— B/R Football (@brfootball) May 29, 2021

A questão é que, se Kanté levar a França ao título, terá a concorrência direta de Mbappé, que também se tornaria um dos favoritos ao prêmio. O atleta do Paris Saint-Germain não tem uma das temporadas mais vitoriosas, tendo conquistado apenas a Copa da França, mas tem números excelentes para um atacante de 22 anos: 45 gols em 56 jogos. Isso sem falar nos gols decisivos em jogos grandes, como diante Barcelona e Bayern de Munique.

PUBLICIDADE — Ele é um menino fantástico. É um dos melhores jogadores da atualidade e ainda vai ganhar a Bola de Ouro, tenho 100% de certeza —  afirma Al Khelaifi, presidente do PSG.

Kylian Mbappé Títulos: Copa da França Jogos: 56 Gols: 45 Assistências: 14 Apesar de o trio ser favorito, outros “medalhões” também estão na disputa. É o caso do astro português Cristiano Ronaldo, que apesar de não ter feito uma boa temporada em termos de títulos e estar de saída da Juventus, tem a Eurocopa como a chance de ser novamente eleito o melhor jogador do mundo.

A temporada de Cristiano Ronaldo foi frustrante, tanto que não ganhou o Campeonato Italiano e foi eliminado nas oitavas de final da Liga dos Campeões, mas individualmente o português pode se orgulhar de ter sido artilheiro da Juventus no Italiano e na Copa Itália. Caso leve Portugal ao bicampeonato, ele surge como um dos favoritos ao prêmio.

 

Cristiano Ronaldo Títulos: Copa Itália Jogos: 54 Gols: 39 Assistências: 5 Já Robert Lewandowski, da seleção da Polônia e do Bayern de Munique, e Harry Kane, do Tottenham e da seleção inglesa, carregam situações parecidas com a de Cristiano Ronaldo. No caso de Lewandowski, o título alemão serve como destaque; já Kane foi o líder em gols e assistências do Campeonato Inglês. Caso consigam levar a Polônia ou a Inglaterra ao título da Eurocopa, podem se tornar candidatos ao prêmio.

Robert Lewandowski Títulos: Bundesliga Jogos: 47 Gols: 53 Assistências: 11 O Globo, um jornal nacional:   Fique por dentro da evolução do jornal mais lido do Brasil

LINK ORIGINAL: OGlobo

Entornointeligente.com

www.smart-reputation.com

Noticias de Boxeo

Boxeo Plus
Boxeo Plus
Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation
Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation

Adscoins

Smart Reputation

Smart Reputation