Chilenos aprovam por ampla margem mudar Constituição da ditadura, aponta apuração » EntornoInteligente
Entornointeligente.com /

SANTIAGO — Os eleitores chilenos votaram de forma maciça pela elaboração de uma nova Constituição, em plebiscito realizado neste domingo. Segundo números preliminares, 77,60% aprovaram a criação de um novo texto, substituindo o atual, adotado ainda na ditadura de Augusto Pinochet, enquanto 22,40% votaram pela permanência da legislação atual. Até o momento, foram apuradas 27,52% das urnas.

Análise: Em plebiscito neste domingo, Chile tenta canalizar insatisfação popular para processo constituinte

Na segunda pergunta, sobre o modelo para a Constituinte, 78,83% decidiram que os responsáveis pela nova Carta Magna deverão ser todos escolhidos por voto popular. A outra opção, o modelo misto, com constituintes eleitos e com parlamentares já no exercício de seus mandatos, recebeu 21,17%. Nesse caso, apenas 4,92% dos votos foram contados.

Ao longo de todo o domingo foram vistas longas filas do lado de fora dos postos de votação, sugerindo que o comparecimento às urnas seria bem superior aos números vistos em eleições recentes. Nos dois turnos da votação que levou Sebastián Piñera à Presidência, em 2017, menos da metade dos eleitores aptos saíram de casa para depositar seu voto.

Esse era um dos principais pontos levantados por analistas antes da votação: se muita gente fosse votar, a decisão sobre uma nova Carta Magna teria mais legitimidade do que, por exemplo, se fossem repetidos números como os da eleição municipal de 2016, quando apenas 35% dos eleitores compareceram. Como se viu ao longo do domingo, não foi o caso.

Feministas chilenas : ‘Mudar a Constituição é simbólico, mas o que queremos é a queda do patriarcado’

PUBLICIDADE Em análise publicada no domingo, o jornal La Tercera aponta que um fator para esse alto comparecimento foi a maior participação dos jovens no processo eleitoral. Tradicionalmente essa faixa é a que menos vai às urnas: em 2017, só 34,6% das pessoas com idade entre 20 e 24 anos votaram.  Ao todo, 14,8 milhões de chilenos e 380 mil estrangeiros com residência permanente podiam votar.

O próximo passo agora é a eleição marcada para o dia 11 de abril do ano que vem, que escolherá os delegados constituintes, responsáveis por elaborar o novo texto, um proceso que deve durar até 12 meses. 

LINK ORIGINAL: OGlobo

Entornointeligente.com

URGENTE: Conoce aquí los Juguetes más vendidos de Amazon >

Más info…

Smart Reputation

Prince Julio César en NYFW 2020

Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation
Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation

Prince Julio Cesar en el New York Fashion Week Spring Summer 2021

Publicidad en Entorno

Advertisement

Adscoins

Smart Reputation