Chefe Henrique Leis abdica de estrela Michelin para ganhar liberdade - Sociedade - Correio da Manhã - EntornoInteligente
Entornointeligente.com /

Ao fim de 19 anos com uma estrela Michelin, o chef Henrique Leis, proprietário do restaurante com o mesmo nome, em Almancil, Loulé, abdicou da distinção para “ganhar liberdade”. Brasileiro, há mais de 20 anos em Portugal, Henrique Leis diz que “a maioria dos críticos vai atrás de ‘modismos’” e, em oposição, defende que “uma cozinha tem de ser apreciada”. “Hoje em dia quando um chef faz algo de inovador, passado um mês está tudo a fazer o mesmo, é uma roda-viva”, refere Henrique Leis, explicando que, com essa pressão das modas, “uma cozinha torna-se inviável”. “É uma coisa assustadora, a velocidade a que caímos no abismo”, continua o chef brasileiro, sobre o que os restaurantes fazem para manter as estrelas atribuídas pelo guia francês. “Quero ser livre, sempre fui independente”, acrescenta. Henrique Leis gere o espaço com as duas filhas, Rafaela e Pietá. E elas também tiveram peso na decisão. “Vou poder ajudá-las a seguirem o seu próprio caminho”, destaca. A decisão foi tomada pública esta semana, depois de o chef ter enviado uma carta ao Guia Michelin, a comunicar a decisão. “Apenas quatro ou cinco críticos é que são sérios” “Apenas quatro ou cinco críticos [do Guia Michelin] é que são sérios, com bons critérios”, defende Henrique Leis, acrescentando que “a maioria não tem conhecimentos”. Além das ‘modas’, “há também lóbis”, diz. PORMENORES Situação inédita no País O Henrique Leis é o primeiro restaurante em Portugal a abdicar da estrela Michelin mas já houve outros casos, como o do espanhol Julio Biosca, em 2012. Guia estuda situação Em resposta à carta em que Henrique Leis abdica da estrela, o Guia Michelin informou-o que ia “estudar a situação”. Normalmente a estrela é removida na edição do ano seguinte. Continuar a ler
LINK ORIGINAL: Correio da manha

Entornointeligente.com

Advertisement

Nota de Prensa VIP

Smart Reputation

161761