Cepa mais contagiosa do novo coronavírus é detectada em São Paulo » EntornoInteligente

Cepa mais contagiosa do novo coronavírus é detectada em São Paulo

cepa_mais_contagiosa_do_novo_coronavirus_e_detectada_em_sao_paulo.jpg

Entornointeligente.com / SÃO PAULO – Foram encontrados em São Paulo dois casos de coronavírus provocados pela nova variante identificada inicialmente no Reino Unido . A cepa B.1.1.7 do Sars-CoV-2, mais contagiosa, foi detectada pelo laboratório Dasa e comunicada ao Instituto Adolfo Lutz e à Vigilância Sanitária.

Cientistas pontuam que mutações em coronavírus são comuns e não há evidências de que a variante provoque casos mais graves ou aumente a mortalidade pela doença. Quanto à vacinação, essas mutações não devem interferir na eficácia das doses .

Entrevista: Novas mutações do coronavírus não são ameaça às vacinas, explica especialista em genética

A descoberta foi anunciada nesta quinta-feira (31) pela empresa. Essa é a primeira vez que a variante, que já se espalhou por diversos locais além do território britânico nos últimos dias, é reconhecida no país. Os cientistas não divulgaram dados dos pacientes em questão. Em nota, a Secretaria da Saúde afirma que são “casos com contato com o Reino Unido”, sem detalhar o histórico dos infectados.

Segundo comunicado à imprensa, o laboratório achou a nova cepa entre 400 amostras de exames RT-PCR feitos com saliva. O estudo começou em dezembro, depois de o Reino Unido alertar sobre a variante, que preocupa por ser mais infecciosa.

Faça o teste: Qual é o seu lugar na fila da vacina?

A confirmação de que se trata da linhagem B.1.1.7 do vírus foi dada, segundo a Dasa, após um sequenciamento genético realizado em parceria com o Instituto de Medicina Tropical da Universidade de São Paulo (IMT-FMUSP).

PUBLICIDADE “O sequenciamento confirmou que a nova cepa do vírus chegou ao Brasil, como estamos observando em outros países. Dado seu alto poder de transmissão esse resultado reforça a importância da quarentena, e de manter o isolamento de dez dias, especialmente para quem estiver vindo ou acabado de chegar da Europa”, diz Ester Sabino, pesquisadora do IMT-FMUSP, em texto que divulga os resultados.

Para Gustavo Campana, diretor médico da Dasa, essa descoberta reforça a necessidade de “lavar as mãos, intensificar o distanciamento físico, usar máscaras e deixar os ambientes sempre ventilados”, sem descuidar-se durante as festas de fim de ano.

O governo de São Paulo informou que em até 48 horas também será feito o sequenciamento genético para identificação da linhagem no Instituto Adolfo Lutz. Em paralelo, explica a Secretaria da Saúde, a Vigilância Epidemiológica “tomou todas as providências quanto ao monitoramento dos casos confirmados e dos seus contactantes”.

Ineficácia dos testes Outra preocupação que surge com a notícia de casos da nova cepa no Brasil, explicam os pesquisadores do laboratório, é com uma possível ineficácia dos testes atuais em identificar o vírus, caso o paciente esteja infectado com essa “família”. A equipe da empresa está trabalhando junto com a USP para checar o risco de falsos negativos em exames disponíveis no mercado.

PUBLICIDADE Os problemas poderiam acontecer com os testes que só se baseiam na chamada proteína S (também conhecida como spike), espécie de “chave” que o coronavírus usa para entrar nas células. Isso poderia ocorrer porque é justamente nela que estão oito das mutações da nova cepa.

“Alguns testes de imunologia e de sorologia que só identificam a proteína S podem apresentar resultados falso negativos nos diagnósticos dessa nova variante. Estamos antecipando a avaliação para definir os exames que sofram menos interferência em seu desempenho de diagnóstico, numa eventual expansão desta variante no Brasil”, diz Campana na nota.

Os estudos que concluíram que dois pacientes brasileiros pegaram a nova variante foram feitos com método que identifica não só a proteína S, mas três alvos diferentes.

LINK ORIGINAL: OGlobo

Entornointeligente.com

URGENTE: Conoce aquí los Juguetes más vendidos de Amazon www.smart-reputation.com >
Smart Reputation
Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation
Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation

Adscoins

Smart Reputation

Smart Reputation