Brasil perde com reforma tributária de Trump, aponta estudo - EntornoInteligente

Entornointeligente.com / G1 Globo / A reforma tributária de Donaldo Trump, rebaixando a tributação das empresas de 35% para 21%, aprovada em dezembro pelo Congresso norte-americano, está forçando outros países a também reduzir a tributação sobre o lucro das empresas. Uma espécie de guerra tributária, que vai se espalhando pelo mundo.

O Brasil vai sofrer os efeitos desse movimento. Um estudo realizado pela Ernest & Young para a Confederação Nacional da Indústria mostra que o Brasil, ao lado da Índia, tem a mais alta tributação entre os países do G-20, que reúne as economias avançada e os emergentes.

A Argentina, por exemplo, já reduziu a tributação para 25%. Outros países seguem na mesma direção. França e Japão também já reduziram suas alíquotas.

A reforma fiscal dos Estados Unidos foi mais uma das diversas iniciativas polêmicas de Donald Trump. Reduz o imposto para os mais ricos. O impacto fiscal nos próximos dois anos é estimado em US$1,5 trilhão.

Com a redução da tributação Trump busca tornar mais atrativo o investimento nos Estados Unidos, o que pode fazer com que muitas empresas redirecionem a expansão de seus negócios para lá. O impacto para as empresas será enorme. Somente a Apple deve ter um benefício de US$47 bilhões nos próximos anos.

Os riscos da reforma de Trump não são desprezíveis. A economia americana já em expansão e em pleno emprego. A redução poderia acelerar ainda mais o crescimento, gerando pressões inflacionárias, a ponto de forçar o Banco Central americano a aumentar a taxa de juros. O que seria outro efeito negativo para o Brasil.

O estudo da Ernest & Young mostra que apenas 30 países o mundo têm alíquotas acima de 30%. O presidente da CNI, Robson Andrade, afirma que esse movimento mundial de redução da tributação sobre o lucro das empresas torna ainda mais urgente uma reforma tributária no Brasil.

“Concorrentes nossos já estão reduzido as alíquotas. Se não fizermos a reforma tributária com redução de carga, nossas empresas ficarão ainda menos competitivas”, disse Robson Andrade.

Brasil perde com reforma tributária de Trump, aponta estudo

Con Información de G1 Globo

www.entornointeligente.com

Síguenos en Twitter @entornoi

Entornointeligente.com

Add comment

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Follow Me

.