BRASIL: Menos de dois meses após inauguração, Cidade da Ordem Pública já apresenta problemas - EntornoInteligente

Entornointeligente.com / OGlobo / Inaugurada há um mês e meio, a Cidade da Ordem Pública, no Barreto, mais parece uma construção velha ou inacabada. Guardas municipais, que preferiram não se identificar, apontaram diversos problemas no prédio, construído para servir à corporação. Entre eles salas sem refrigeração, infiltrações e banheiros e outros espaços inacabados.

Veja também Em 11 meses, violência de Niterói em 2016 supera 2015 Metro quadrado de imóveis em Niterói tem queda de 1,8% em 2016 Mudança no secretariado de Niterói acomoda aliados Prefeitura de Niterói estabelece meta de trabalho para os próximos cem dias Segundo os servidores, apenas o ar-condicionado da sala do secretário municipal de Ordem Pública, Gilson Chagas, está funcionando. Os outros funcionários estariam trazendo de casa ventiladores para poder trabalhar. Eles reclamam também do fogão instalado na copa, que não pode ser utilizado por falta de botijão de gás.

Imagens obtidas pelo GLOBO-Niterói mostram também que há pelo menos uma sala na qual a tubulação e a fiação estão expostas. No auditório, outras fotos mostram que há pelo menos seis buracos no teto da sala, deixando a tubulação exposta. O teto também apresenta sinais evidentes de infiltração.

Outra queixa dos guardas é que o número de armários é insuficiente. Um aviso chegou a ser colocado, informando que, por “limitação de espaço”, ainda não era possível disponibilizar armários para todos os guardas, e que a prioridade ficaria com guardas graduados ou que prestem o serviço ordinário no interior da unidade. Outra queixa é que o alojamento não tem número suficiente de beliches para atender todos os funcionários.

A pedido do GLOBO-Niterói, o presidente da Associação dos Guardas Civis de Niterói, Rafael Dias, visitou a sede na manhã de ontem para verificar os problemas. Ele confirma que o prédio não está concluído, mas amenizou as queixas:

— Realmente a obra está inacabada, mas os guardas estão satisfeitos com o que foi entregue. Estávamos numa situação bem ruim, sem estrutura para metade do nosso efetivo, e hoje dispomos de condições melhores, que tendem a se aprimorar mais. Quando a obra estiver completa, vamos ter a melhor sede da Guarda no Rio.

ADIAMENTOS SUCESSIVOS

De acordo com Rafael Dias, a entrega da nova sede da Guarda Municipal, localizada na Avenida Craveiro Lopes, passou por vários adiamentos. A previsão inicial era para março do ano passado, mudou para junho, foi anunciada para agosto e acabou entregue em 23 de novembro, no aniversário da cidade. Foram investidos R$ 14,4 milhões na obra.

O espaço reúne efetivos da Guarda Municipal e do Departamento de Fiscalização de Posturas, pastas vinculadas à Secretaria de Ordem Pública (Seop), também instalada ali. O local abriga salas administrativas, auditório, refeitório, alojamento, espaço para educação física, estande de tiro e canil — os dois últimos ainda inativos.

A prefeitura confirma que existem áreas em processo de acabamento, mas destaca que todos os banheiros e salas estão em plenas condições de uso. De acordo com a prefeitura, as infiltrações ocorreram devido à forte chuva da última quinta-feira, que provocou fissura na manta que impermeabiliza a laje e ocasionou a queda de um bloco do forro de gesso do auditório. Ainda segundo a prefeitura, a empresa que executou o projeto tem obrigação contratual de efetuar os reparos, que já estão sendo providenciados. A equipe do GLOBO-Niterói, contudo, já havia recebido imagens de infiltrações dias antes da data mencionada.

Publicidade

Sobre a falta de refrigeração, a prefeitura informa que os aparelhos de ar-condicionado estão instalados, mas é preciso providenciar o quadro de distribuição de energia, o que já estaria em andamento, a fim de evitar sobrecarga e prevenir acidentes.

Em relação à cozinha, o município assegura que ela está em operação desde o dia 3 deste mês, depois que foi providenciada a instalação de gás. A prefeitura afirma ainda que colchões e camas estão sendo entregues à medida que mais guardas vão sendo alojados.

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER ( OGlobo_Bairros )

tyntVariables = {“ap”:”Leia mais sobre esse assunto em “, “as”: “© 1996 – 2017. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.”}; BRASIL: Menos de dois meses após inauguração, Cidade da Ordem Pública já apresenta problemas

Con Información de OGlobo

www.entornointeligente.com

Síguenos en Twitter @entornoi

Entornointeligente.com

Add comment

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Follow Me

.