Assim fala a neurocientista Ana Osório Oliveira a partir da Suécia » EntornoInteligente

Assim fala a neurocientista Ana Osório Oliveira a partir da Suécia

assim_fala_a_neurocientista_ana_osorio_oliveira_a_partir_da_suecia.jpg
Entornointeligente.com /

A convidada desta semana do podcast Assim Fala a Ciência é Ana Osório Oliveira, neurocientista no Instituto Karolinska, em Estocolmo, na Suécia, a casa que aconselha na atribuição do Prémio Nobel da Medicina. A sua investigação foca-se nas doenças neurodegenerativas, como as doenças de Alzheimer e Parkinson, e doenças psiquiátricas, como a esquizofrenia, mas, recentemente, tem-se interessado pelas sequelas cerebrais associadas à covid-19

A convidada desta semana do podcast Assim Fala a Ciência é Ana Osório Oliveira, neurocientista no Instituto Karolinska, em Estocolmo, na Suécia, a casa que aconselha na atribuição do Prémio Nobel da Medicina. A sua investigação foca-se nas doenças neurodegenerativas, como as doenças de Alzheimer e Parkinson, e doenças psiquiátricas, como a esquizofrenia, mas, recentemente, tem-se interessado pelas sequelas cerebrais associadas à covid-19.

O seu laboratório está a desenvolver organóides cerebrais – minicérebros – a partir de células da pele dos doentes. Para transformar células da pele em células do cérebro usa uma técnica chamada “células pluripotentes induzidas”. Parte de células da pele, diferenciadas, e fá-las regressar ao estado de células estaminais, para depois as voltar a diferenciar em células do cérebro. É como andar para trás no tempo e depois de novo para a frente. O médico Shinya Yamanaka, que ganhou o Nobel da Medicina em 2012 por ter desenvolvido esta técnica, foi colega de Ana Osório Oliveira no Instituto Gladstone da Universidade da Califórnia, em São Francisco, Estados Unidos.

Johan Giesecke: “A estratégia da Suécia é um confinamento suave” Mais populares Presidente da República prepara o país para haver estado de emergência no Natal Trump reforça “plano sem precedentes” para alterar resultado das eleições nos EUA i-album Fotografia Quando a arquitectura imita a natureza Em seguida, esses minicérebros são expostos ao vírus da covid-19, para entender melhor os seus mecanismos de disseminação e infecção. Deste modo, a equipa do laboratório em que trabalha consegue perceber quais são as células cerebrais infectadas (neurónios e células da glia) e em quais delas a infecção leva à morte celular. Esse trabalho será disponibilizado nos próximos dias na forma de pré-publicação num repositório online (biorxiv.org), de modo a que fique imediatamente acessível para a comunidade científica, enquanto decorre o processo de revisão pelos pares. Os danos irreversíveis no cérebro causados pela covid-19 são um assunto de que pouco se fala e acerca do qual ainda existem muitas dúvidas, que só a investigação científica poderá esclarecer. E esse foi precisamente um dos temas da minha conversa com Ana Osório Oliveira: as sequelas neurológicas de longo prazo da covid-19.

Falámos também da muito polémica resposta da Suécia à covid-19, que foi distinta e mais relaxada do que a adoptada pela generalidade dos países europeus, pois nesse país não foram feitos confinamentos generalizados. Essa estratégia foi esta semana mudada , tendo o famoso epidemiologista-chefe sueco Anders Tegnell reconhecido que as coisas não correram como esperava. Falámos dessa mudança.

O melhor do Público no email Subscreva gratuitamente as newsletters e receba o melhor da actualidade e os trabalhos mais profundos do Público.

Subscrever × Conversámos ainda sobre os modos de vida na Suécia e em Portugal durante a pandemia, e ainda acerca da semana da entrega dos Nobel, que se avizinha e que decorre muito perto do laboratório onde trabalha. O Nobel da Medicina será entregue aos descobridores do vírus da hepatite C, mas este ano, devido à pandemia, não haverá público na cerimónia, que será transmitida em vídeo.

Assim Fala a Ciência é um podcast quinzenal do PÚBLICO, aos sábados, que tem o apoio da Fundação Francisco Manuel dos Santos e que co-organizo com Carlos Fiolhais, físico e professor da Universidade de Coimbra.

Ler mais Johan Giesecke, epidemiologista sueco: “O número de mortes por covid-19 será quase o mesmo em todos os países europeus” Foto Continuar a ler

Entornointeligente.com

URGENTE: Conoce aquí los Juguetes más vendidos de Amazon www.smart-reputation.com >
Smart Reputation
Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation
Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation

Adscoins

Smart Reputation

Smart Reputation