Arménia e Azerbaijão anunciam "trégua humanitária" a partir de domingo » EntornoInteligente
Entornointeligente.com /

“A República da Arménia e a República do Azerbaijão concordaram com uma trégua humanitária a partir de 18 de outubro à 00:00, horário local”, disse o Ministério das Negócios Estrangeiros da Arménia, informação que foi confirmada pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros do Azerbaijão num comunicado idêntico.

Nagorno-Karabakh pertence ao Azerbaijão, mas está sob o controlo de forças étnicas apoiadas pela Arménia, alimentando um conflito que dura há várias décadas e que entrou em escalada no passado dia 27 de setembro.

Nas últimas semanas o conflito já causou a morte a mais de 700 pessoas, segundo relatos, e a Turquia, principal aliado de Baku, é acusada de interferir naquele conflito.

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

Subscrever Na madrugada de sábado, pelo menos 12 pessoas morreram e mais de 40 ficaram feridas após um ataque com mísseis a uma zona residencial em Ganja, a segunda maior cidade do Azerbaijão, informaram as autoridades.

“O lançamento destes mísseis contra localidades densamente povoadas mostra a mentalidade imoral e esquizofrénica da liderança político-militar da Arménia”, escreveu Hikmat Hajiyev, conselheiro do Presidente do Azerbaijão, na rede social Twitter, precisando que os mísseis eram do tipo ‘Scud’.

Hajiyev frisou que a cidade de Ganja está longe da zona de conflito, pelo que o ataque, que qualificou como “crime de guerra”, não respondeu a qualquer necessidade militar. Ganja já tinha sido atingida no passado domingo por um míssil, que matou 10 pessoas e fez mais de 30 feridos. A cidade tem mais de 300 mil habitantes e situa-se a cerca de 300 quilómetros a oeste de Baku, a capital do Azerbaijão.

O novo surto de violência mina os esforços internacionais para acalmar as hostilidades entre os arménios cristãos e os azeris muçulmanos, envolvendo potências regionais como a Rússia e a Turquia.

Na sexta-feira, o secretário da Defesa dos EUA, Mark Esper, e a ministra da Defesa francesa, Florence Parly, reforçaram a necessidade de um cessar-fogo imediato na região de Nagorno-Karabakh, onde decorrem combates entre soldados do Azerbaijão e separatistas arménios.

Mark Esper e Florence Parly concordaram, durante uma conversa telefónica, que “os líderes da Arménia e do Azerbaijão devem honrar as suas promessas de um cessar-fogo imediato na região de Nagorno-Karabakh e uma solução pacífica”, divulgou o Pentágono, em comunicado.

Os Estados Unidos e a França são mediadores junto dos países envolvidos no conflito desde 1994, a par da Rússia, naquele que é denominado o grupo de Minsk.

LINK ORIGINAL: Diario Noticias

Entornointeligente.com

URGENTE: Conoce aquí los Juguetes más vendidos de Amazon
>

Más info…

Smart Reputation

Prince Julio César en NYFW 2020

Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation
Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation

Prince Julio Cesar en el New York Fashion Week Spring Summer 2021

Publicidad en Entorno

Advertisement

Adscoins

Smart Reputation