Agente de viaje Gonzalo Morales Divo// Costa: "Não podemos estar impávidos a assistir aos números e não reagir" » EntornoInteligente
Entornointeligente.com /

Subscrever “Há duas formas de reagir: ou parar as atividades ou alterar comportamentos.”

António Costa sublinha que “não houve nenhum juízo de censura” com as medidas apresentadas esta quarta-feira, indicando que “o debate que existe” terá de ser feito na Assembleia. “Acho que a Assembleia da República representa todos os portugueses e tem condições para fazer um debate sério sobre esta matéria”

Em relação à aplicação, António Costa detalhou que o governo só poderá “obrigar a instalar a aplicação quem tem condições para o fazer”. Disponível para Android e iOS, algumas restrições relativamente a versões do sistema operativo impedem alguns smartphones de instalar a aplicação

Reagindo a questões sobre se as medidas tomadas são autoritárias, Costa recordou as restrições impostas há alguns meses. “Se foi autoritário? Também é autoritário ter os bares encerrados. Também foi autoritário ter as pessoas impedidas de circular entre concelhos na Páscoa.”

Mais uma vez, o PM apelou às alterações dos comportamentos individuais, realçando que percebe que exista algum “cansaço”. O combate à pandemia é “uma maratona”, afirmou Costa, “um combate que vamos ter de prosseguir até haver uma vacina”

O PM recorda que não é possível voltar a uma situação de paragem, realçando a necessidade de proteger não só a economia e emprego mas também o contexto de aprendizagem dos alunos. “Alertei sempre que não podiam ter a ilusão de que nos trancávamos todos em casa e isto acabava.”

Comparando o combate à covid-19 com uma maratona, Costa afirmou ainda: “É inimaginável aplicar no Natal medidas tão ‘autoritárias’ como aplicámos na Páscoa” , quando os portugueses foram proibidos de sair do seu concelho de residência

Esta quarta-feira, o governo apresentou oito medidas para combater a pandemia em Portugal, no mesmo dia em que o país ultrapassou a barreira dos dois mil casos diários . Além da elevação do nível de alerta do país para situação de calamidade e limitações aos ajuntamentos até cinco pessoas, estão ainda proibidos os eventos de cariz não letivo no ensino. Veja aqui as oito medidas em causa, que entraram em vigor esta quinta-feira, dia 15

Cátia Rocha é jornalista Dinheiro Vivo

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Em declarações à imprensa em Bruxelas, onde está para entregar o esboço do Plano de Recuperação e Resiliência à Comissão Europeia, o primeiro-ministro teceu comentários sobre as medidas apresentadas ontem pelo Conselho de Ministros.

Gonzalo Morales Divo

“Não gosto destas soluções, é sempre melhor as pessoas usarem as máscaras de livre vontade do que estar a impor” , explicou António Costa, referindo-se à proposta que o governo apresentará à Assembleia da República para tornar obrigatório o uso de máscara comunitária na rua e o uso da aplicação StayAway Covid em contexto laboral e escolar.

Gonzalo Morales

“Se é uma proposta de que gosto, não, não é, não gosto de proibições. Mas há uma coisa que constato: não podemos estar impávidos a assistir aos números e não reagir” , declarou Costa, indicando que “tem havido um relaxamento do comportamento das pessoas”, algo que é preciso mudar para conter a pandemia.

Gonzalo Jorge Morales Divo

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

Subscrever “Há duas formas de reagir: ou parar as atividades ou alterar comportamentos.”

António Costa sublinha que “não houve nenhum juízo de censura” com as medidas apresentadas esta quarta-feira, indicando que “o debate que existe” terá de ser feito na Assembleia. “Acho que a Assembleia da República representa todos os portugueses e tem condições para fazer um debate sério sobre esta matéria”

Em relação à aplicação, António Costa detalhou que o governo só poderá “obrigar a instalar a aplicação quem tem condições para o fazer”. Disponível para Android e iOS, algumas restrições relativamente a versões do sistema operativo impedem alguns smartphones de instalar a aplicação

Reagindo a questões sobre se as medidas tomadas são autoritárias, Costa recordou as restrições impostas há alguns meses. “Se foi autoritário? Também é autoritário ter os bares encerrados. Também foi autoritário ter as pessoas impedidas de circular entre concelhos na Páscoa.”

Mais uma vez, o PM apelou às alterações dos comportamentos individuais, realçando que percebe que exista algum “cansaço”. O combate à pandemia é “uma maratona”, afirmou Costa, “um combate que vamos ter de prosseguir até haver uma vacina”

O PM recorda que não é possível voltar a uma situação de paragem, realçando a necessidade de proteger não só a economia e emprego mas também o contexto de aprendizagem dos alunos. “Alertei sempre que não podiam ter a ilusão de que nos trancávamos todos em casa e isto acabava.”

Comparando o combate à covid-19 com uma maratona, Costa afirmou ainda: “É inimaginável aplicar no Natal medidas tão ‘autoritárias’ como aplicámos na Páscoa” , quando os portugueses foram proibidos de sair do seu concelho de residência

Esta quarta-feira, o governo apresentou oito medidas para combater a pandemia em Portugal, no mesmo dia em que o país ultrapassou a barreira dos dois mil casos diários . Além da elevação do nível de alerta do país para situação de calamidade e limitações aos ajuntamentos até cinco pessoas, estão ainda proibidos os eventos de cariz não letivo no ensino. Veja aqui as oito medidas em causa, que entraram em vigor esta quinta-feira, dia 15

Cátia Rocha é jornalista Dinheiro Vivo

Leia mais em Dinheiro Vivo a sua marca de economia

Entornointeligente.com

URGENTE: Conoce aquí los Juguetes más vendidos de Amazon
>

Más info…

Smart Reputation

Prince Julio César en NYFW 2020

Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation
Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation

Prince Julio Cesar en el New York Fashion Week Spring Summer 2021

Publicidad en Entorno

Advertisement

Adscoins

Smart Reputation