Renan anuncia que vai pedir indiciamento de Heinze, senador governista da CPI

renan_anuncia_que_vai_pedir_indiciamento_de_heinze_2C_senador_governista_da_cpi.jpg

Entornointeligente.com / Renan anuncia que vai pedir indiciamento de Heinze, senador governista da CPI Relator decidiu acatar pedido do senador Alessandro Vieira, após Heinze ler relatório paralelo em que ataca a CPI e dissemina fake news sobre a pandemia. 'Um presente a vossa excelência', ironizou Renan. Por Marcela Mattos, Luiz Felipe Barbiéri e Sara Resende, g1 e TV Globo — Brasília

26/10/2021 12h01 Atualizado 26/10/2021

Renan anuncia ‘presente’ a Heinze: ‘Será o 81º indiciado desta comissão’

O senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid, anunciou durante a sessão desta terça-feira (26) que vai pedir o indiciamento do senador Luis Carlos Heinze (PP-RS), que também é membro da comissão.

Com isso, a lista de pedidos de indiciamento, que consta no relatório final a ser votado nesta terça, passa a ter 79 pessoas e duas empresas .

“Pela maneira como, apesar das advertências, o senador Heinze reincidiu aqui todos os dias, apresentando estudos falsos, logo negados pela ciência, e pela maneira como incitou o crime em todos os momentos, eu queria nesta última sessão, dar um presente a vossa excelência. Vossa excelência será o 81º primeiro indicado dessa CPI”, disse Renan.

O pedido para Heinze ser incluído na lista do relatório final foi feito pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE).

Vieira apresentou o pedido no momento em que Heinze apresentava um voto alternativo ao do senador Renan Calheiros, relator da CPI.

No documento “paralelo”, Heinze atacou a CPI, dizendo que a comissão cometeu “evidentes abusos”, e defendeu remédios sem eficácia – comportamento que Heinze exibiu ao longo dos seis meses de trabalho do colegiado.

Heinze alfineta senadores na CPI da Covid: ‘ajudantes de ordem de Renan Calheiros’

Heinze também levantou dúvidas sobre a origem do novo coronavírus e afirmou que a CPI ignorou indícios de que a proliferação da Covid-19 pudesse estar associada a um suposto “terrorismo biológico”. Esse e outros estudos apontado pelo senador em seu relatório, já considerados equivocados pela ciência, levaram ao pedido de indiciamento de Heinze.

“Requerimento ao relator pelo indiciamento do senador Luis Carlos Heinze pelo mesmos tipos penais a outros parlamentares, que, da mesma forma, reiteradamente, disseminam notícias falsas que impactam na vida. O senador Luis Carlos Heinze é um homem respeitado, o que ele fala repercute na vida das pessoas. Esses dados que o senador repete são falsos. Mas, infelizmente, o eleitor vai entender que é verdadeiro, porque está abrindo a internet e está vendo. Essa CPI teve a coragem de pedir o indiciamento do presidente, do líder do governo, não pode fechar os olhos”, justificou Vieira no pedido ao relator.

Dados apresentados por Heinze à CPI da Covid são falsos, diz Alessandro Vieira

VÍDEOS: veja mais notícias de política

200 vídeos
LINK ORIGINAL: G1 Globo

Entornointeligente.com

Smart Reputation

Boxeo Plus
Boxeo Plus

Smart Reputation

Más en EntornoInteligente.com