Dólar e juros futuros têm alta, com inflação acima do esperado; Bolsa cai

dolar_e_juros_futuros_tem_alta_2C_com_inflacao_acima_do_esperado_3B_bolsa_cai.jpg

Entornointeligente.com / RIO — O dólar e os juros futuros registram altas enquanto a Bolsa cai nesta terça-feira. Os investidores repercutem novos dados de inflação , que vieram acima do esperado, enquanto aguardam a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) sobre a nova taxa básica de juros.

Entenda: Por que a alta dos combustíveis pode levar a inflação a fechar o ano em dois dígitos?

Por volta de 12h30, a moeda americana tinha alta de 0,42%, negociada a R$ 5,58. No mesmo horário, o índice Ibovespa tinha baixa de 1,67%, aos 106.897 pontos.

Segundo números divulgados pelo IBGE, o IPCA-15, considerado a prévia da inflação oficial do país, ficou em 1,20% em outubro, bem acima das expectativas do mercado.

É a maior alta para um mês de outubro desde 1995 (1,34%), e a maior variação mensal desde fevereiro de 2016 (1,42%).

No acumulado de 12 meses, o indicador tem alta de 10,34%.

Guedes: Ministro afirma que arrecadação extraordinária paga com folga aumento do Auxílio Brasil

Os dados pressionaram as curvas futuras de juros, especialmente as mais curtas. Por volta de 10h05, a taxa do contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para janeiro de 2022 subia de 8,35% para 8,47% e a do DI para janeiro de 2023 passava de 11,15% para 11,49%.

O juro do DI para janeiro de 2025 avançava de 11,65% para 11,88% e o do DI para janeiro de 2027 subia para 11,96% ante os 11,80% da leitura anterior.

Expectativa de alta da Selic O resultado também eleva as expectativas para a decisão sobre a taxa básica de juros. Após a revisão da regra do teto de gastos, na semana passada, os agentes de mercado revisaram suas expectativas para a reunião.

Coluna Capital: Embraer inicia venda de passagens para simulação de operação com eVTOL no Rio

Se antes, as apostas estavam em um ciclo de altas de 1 ponto percentual até o final do ano, agora, espera-se uma alta de até 1,5 ponto percentual. Hoje, a Selic está em 6,25%.

E por falar no cenário fiscal, ele segue no radar dos investidores. Há expectativas para a votação em Plenário da proposta de emenda à Constituição (PEC) dos precatórios, que foi aprovada em uma Comissão da Câmara na semana passada.

PUBLICIDADE A PEC libera espaço nas contas públicas para que o governo pague o novo Auxílio Brasil.

Nesta terça, os investidores ainda repercutem os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de setembro. De acordo com o Ministério fo Trabalho, foram criadas 313.902 vagas de emprego formal no mês de setembro.

LINK ORIGINAL: OGlobo

Entornointeligente.com

Smart Reputation