Número de desempregados inscritos nos centros de emprego recua em Outubro

numero_de_desempregados_inscritos_nos_centros_de_emprego_recua_em_outubro.jpg

Entornointeligente.com / O número de desempregados inscritos nos centros de emprego recuou em Outubro 12,9% em termos homólogos e 2,1% face a Setembro, segundo dados divulgados nesta segunda-feira pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

De acordo com o IEFP , no fim de Outubro estavam registados nos Serviços de Emprego do Continente e Regiões Autónomas 351.667 desempregados, um número que representa 66,1% do total de 532.053 pedidos de emprego.

O total de desempregados registados no país ficou abaixo do verificado no mesmo mês de 2020 (menos 51.887 pessoas, o equivalente a uma quebra de 12,9%) e foi também inferior ao do mês anterior (menos 7481 desempregados, uma queda de 2,1%).

“Este é o sétimo mês consecutivo de redução em cadeia do desemprego registado”, nota o IEFP.

Segundo o instituto, para a diminuição do desemprego registado face ao mês homólogo de 2020, na variação absoluta, “contribuíram, com destaque, os grupos dos indivíduos que estão inscritos há menos de um ano (menos 80.389), os indivíduos que procuram novo emprego (menos 52.039) e os com idade igual ou superior a 25 anos (menos 41.967)”.

A nível regional, no mês de Outubro de 2021, o desemprego registado, em termos homólogos, diminuiu em todas as regiões, com destaque para o Algarve (menos 28,1%) e a Região Autónoma da Madeira (menos 19,3%).

Em relação ao mês anterior, à excepção do Algarve e do Alentejo (mais 6,1% e mais 2,4%, respectivamente), todas as restantes regiões apresentam decréscimos no desemprego.

Em termos sectoriais, o desemprego desceu em todos os sectores em termos homólogos, à excepção do sector agrícola, que registou uma subida de 2,7% relativamente ao mês anterior.

No sector do alojamento, restauração e similares, registou-se uma redução de 0,7% em cadeia e de 25,6% em termos homólogos.

Considerando os grupos profissionais dos desempregados registados no continente, salientam-se os mais representativos, por ordem decrescente: trabalhadores não qualificados (24,4%); trabalhadores dos serviços pessoais, de protecção segurança e vendedores (21,3%); pessoal administrativo (11,9%) e especialistas das actividades intelectuais e científicas (11,7%).

Ao longo do mês de Outubro de 2021, inscreveram-se nos serviços de emprego de todo o país 44.168 desempregados, um número inferior ao observado no mesmo mês de 2020 (menos 11.078 ou menos 20,1%) e em relação ao mês anterior (menos 4798 pessoas ou menos 9,8%).

As ofertas de emprego recebidas ao longo deste mês totalizaram 12.889 em todo o país, número superior ao do mês homólogo de 2020 (menos 1433 pessoas ou 12,5%) e inferior ao mês anterior (menos 1526 pessoas ou 10,6%).

As colocações realizadas durante o mês de Outubro de 2021 totalizaram 8012 em todo o país. Segundo o IEFP, este número é superior ao verificado em igual período de 2020 (mais 1038 pessoas ou 14,9%) e inferior ao mês anterior (menos 899 pessoas ou 10,1%).

Número de casais no desemprego recua 14,1% O número de casais com ambos os cônjuges registados como desempregados no Continente recuou 14,1% em Outubro face ao mesmo mês de 2020, para 5332 pessoas, segundo os dados do IEFP.

De acordo com o instituto, do total de desempregados casados ou em união de facto, 10.664 (7,9%) têm também registo de que o seu cônjuge está igualmente inscrito como desempregado no Serviço de Emprego.

Assim, o número de casais em que ambos os cônjuges estão registados como desempregados foi, no final de Outubro, composto por 5332 pessoas, ou seja, menos 14,1% (menos 874 casais) do que no mês homólogo e menos 5,5% (o equivalente a menos 312 casais) em relação ao mês anterior.

Os casais nesta situação de duplo desemprego têm direito a uma majoração de 10% do valor da prestação de subsídio de desemprego que se encontrem a receber, quando tenham dependentes a cargo.

O IEFP começou a divulgar informação estatística sobre os casais com ambos os elementos desempregados em Novembro de 2010, altura em que havia registo de 2862 destas situações.

LINK ORIGINAL: Publico

Entornointeligente.com

Smart Reputation