Presidentes mantêm o Haiti sob o signo de miséria, violência armada e instabilidade política » EntornoInteligente

Presidentes mantêm o Haiti sob o signo de miséria, violência armada e instabilidade política

Presidentes mantêm o Haiti sob o signo de miséria, violência armada e instabilidade política

Entornointeligente.com / Por Sandra Cohen

Especializada em temas internacionais, foi repórter, correspondente e editora de Mundo em ‘O Globo’

Presidentes mantêm o Haiti sob o signo de miséria, violência armada e instabilidade política Assassinato de Jovenel Moise é mais um episódio trágico no país mais pobre do continente.

07/07/2021 12h58 Atualizado 07/07/2021

1 de 1
Manifestantes em protesto nas ruas de Porto Principe, no Haiti, em dezembro de 2020 ? Foto: Valerie Baeriswyl/AFP Manifestantes em protesto nas ruas de Porto Principe, no Haiti, em dezembro de 2020 ? Foto: Valerie Baeriswyl/AFP

Quem quer que tenha comandado o Haiti nas últimas décadas não foi capaz de romper o tripé de problemas estruturais que sustenta o país mais pobre do continente americano: miséria-violência armada-instabilidade. Em 35 anos, a nação caribenha teve 20 presidentes oriundos das mais variadas dimensões políticas , incluindo alguns generais, um ex-padre, um músico e o mais recente, o empresário Jovenel Moise — assassinado nesta terça-feira (7).

Ironicamente, o Haiti foi o primeiro país caribenho a abolir a escravidão e pioneiro a tornar-se independente, em 1804. A história, contudo, imprimiu-lhe uma marca distante dos preceitos democráticos, com regimes autoritários e intervenções estrangeiras.

LEIA TAMBÉM

O 'Homem da Banana' que virou presidente, dissolveu o Parlamento e tentou mudar a Constituição: saiba quem foi Jovenel Moise 'Ato repugnante', 'proteger a ordem democrática': veja repercussão internacional do assassinato Haiti enfrenta em 2021 onda de violência, alta de infecções de Covid e disputa política

1 min VÍDEO: presidente do Haiti é assassinado em ataque em casa

De 1957 a 1986, o país enfrentou uma ditadura sangrenta e dinástica controlada pelos Duvalier. A deposição de “Baby Doc”, que fugiu para o exílio em Paris, não garantiu a estabilidade esperada ao país.

O Haiti seguiu a trilha de sucessivos golpes de Estado, em que ascenderam e foram derrubados os generais Henry Namphy e Prosper Avril, até o início da década de 1990. O primeiro presidente eleito, Jean Bertrand Aristide, conhecido como “o ex-padre dos pobres”, foi deposto em 1991, mas retornou ao poder, sustentado pelos EUA.

Em 2004, em novo mandato, Aristide fugiu novamente, renunciando após mais uma revolta armada. A sina da violência, alternada com pobreza e corrupção, permeou todos os governos — legitimados ou não.

A epidemia de cólera, em 2011, seguida de um terremoto devastador, no ano seguinte, com 200 mil haitianos mortos, puseram o país sob os holofotes da comunidade internacional. O Haiti passou a ser conhecido como “a república das ONGs”, pela quantidade de ajuda humanitária deslocada para o país.

A realidade reflete mais de seis milhões de pessoas — cerca de 40% da população — vivendo abaixo da linha da pobreza, entre as quais 2,5 milhões em pobreza extrema, com US$ 1,23 por dia. Entre desvalorização da moeda e inflação galopante, ainsegurança alimentar no país só se agrava, segundo relatórios divulgados por agências da ONU.

Na gestão de Moise, áreas aparentemente pacificadas, como Cité Soleil, em Porto Príncipe, voltaram a ser foco de violência entre gangues armadas. Um informe recente das Nações Unidas relata o Haiti dividido em cartéis de gangues armadas que semeiam terror e disputam territórios. Nesta rota de episódios trágicos, portanto, não causa surpresa o brutal assassinato de seu presidente.

PRESIDENTE DO HAITI ASSASSINADO Jovenel Moise é morto a tiros em casa

PERFIL: Moise era conhecido como ‘Homem da Banana’ e dissolveu Parlamento

VÍDEO registra tiroteio intenso na casa de Jovenel Moise

Veja REPERCUSSÃO da morte

HAITI: Pobreza, onda de violência, disputa política, alta de infecções de Covid-19

Veja os vídeos mais assistidos do G1

200 vídeos

Entornointeligente.com

www.smart-reputation.com
Smart Reputation Smart Reputation

Noticias de Boxeo

Boxeo Plus
Boxeo Plus
Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation
Repara tu reputación en Twitter con Smart Reputation

Adscoins

Smart Reputation

Smart Reputation