Portugal com duas escolas de negócios no Top 30 europeu

portugal_com_duas_escolas_de_negocios_no_top_30_europeu.jpg

Entornointeligente.com / Numa lista de 95 escolas de negócios europeias, elaborada pelo Financial Times , a Nova SBE (na 27.ª posição) e a Católica-Lisbon (na 29.ª) estão no Top 30 do ranking atualizado para 2021. Fazem ainda parte da listagem completa a Porto Business School (66.ª) e a ISCTE Business School (77.ª).

O ranking geral é liderado pela França, com a escola HEC Paris, seguida pelo Reino Unido, com a London Business School. Instituições académicas de Espanha, Itália, Suíça e Alemanha completam o Top 10.

Para a pontuação global conta o desempenho de cada escola num conjunto de cinco classificações principais nas quais a instituição participa, como MBA, Formação Executiva, Mestrado em Gestão e EMBA.

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

Subscrever Entre as escolas portuguesas, a melhor classificação foi para a Nova School of Business & Economics (Nova SBE). No MBA ficou em 24.º lugar; no “Mestrado em Gestão” ocupa a 22.º posição; e na “Formação de Executivos” em programas abertos e em programas customizados pontuou em 26.º e 29.º, respetivamente. Daniel Traça, dean da Nova SBE, comenta tratar-se de “um reconhecimento” da aposta da escola “numa cultura de inovação e excelência e na internacionalização nos mestrados e na formação de executivos”.

No caso da Católica-Lisbon School of Business & Economics, dirigida por Filipe Santos, a instituição lembra ter sido “a primeira business school em Portugal a integrar esta lista do Financial Times , em 2007, obtendo lugares cimeiros desde 2012”. Destaca que na Formação Executiva customizada para empresas ficou este ano entre as 22 melhores, e assinala que é “a escola com o corpo docente e estudantil mais internacional”.

A Porto Business School, liderada por Ramon O”Callaghan, refere que, nas “categorias de Executive Education , ocupa a 31.ª e 41.ª posição na Formação para Executivos customizada e aberta, respetivamente, a 42.ª posição do The International MBA, o programa de MBA full time , e a 62.ª posição do The Executive MBA”.

Já sobre a ISCTE Business School, Maria João Cortinhal, diretora, considera que os resultados “são um nítido indício do empenho” que a escola “mantém para com os seus estudantes e para com os seus stakeholders , traduzido pela qualidade da investigação e formação”.

[email protected]

LINK ORIGINAL: Diario Noticias

Entornointeligente.com

Smart Reputation