Trump manterá sanções contra a Coreia do Norte até que um acordo seja alcançado - EntornoInteligente

Agencia Brasil / O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, afirmou nessa quinta-feira (8), pouco depois de aceitar uma reunião com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, que manterá as sanções econômicas contra Pyongyang até chegar a um acordo.

"Estamos fazendo um grande progresso, mas as sanções serão mantidas até chegarmos a um acordo. Planejando a reunião!", afirmou Trump, em mensagem no Twitter.

Saiba Mais Trump aceita se reunir com Kim Jong-un em maio O presidente americano destacou na mensagem que Kim Jong-un propôs discutir uma desnuclearização da península e suspender os testes com mísseis nucleares e balísticos durante o período de negociação.

Emissários sul-coreanos viajaram para Washington, com o objetivo de entregar a Trump uma carta que o líder norte-coreano lhes entregou na última segunda-feira, em Pyongyang.

Durante a reunião na capital norte-coreana, Kim Jong-un expressou o desejo de se reunir com Trump "o mais rápido possível", segundo o chefe do Escritório de Segurança Nacional da Coreia do Sul, Chung Eui-yong, que liderou a delegação enviada aos EUA.

"O presidente Trump agradeceu a reunião informativa e disse que se reunirá com Kim Jong-Un em maio para conseguir uma desnuclearização permanente", disse Chung Eui-yong, em breve pronunciamento. *É proibida a reprodução total ou parcial desse material. Direitos Reservados

Trump manterá sanções contra a Coreia do Norte até que um acordo seja alcançado

Con Información de Agencia Brasil

www.entornointeligente.com

Síguenos en Twitter @entornoi

Entornointeligente.com