PORTUGAL: Nenhum visto 'gold' concedido por criação de emprego - EntornoInteligente

ENTORNOINTELIGENTE.COM / Diario Noticias / A atribuição de vistos ‘gold’, criados no âmbito do programa de Autorização de Residência para Atividade de Investimento em Portugal (ARI), é feita mediante três requisitos: aquisição de bens imóveis de valor igual ou superior a 500 mil euros, a transferência de capitais no montante igual ou acima de um milhão de euros e a criação de, pelo menos, 10 postos de trabalho.

De acordo com dados disponibilizados pelo gabinete do vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, até dezembro último foram concedidos 471 vistos dourados, dos quais 440 pela aquisição de bens imóveis e os restantes 31 por transferência de capitais.

O valor dos investimentos até dezembro foi de 306,7 milhões de euros, sendo que 80% deste montante (272,4 milhões de euros) resultou da compra de imóveis e 20% da transferência de poupanças e ativos.

Ou seja, até dezembro não houve qualquer visto ‘gold’ concedido para a criação de postos de trabalho.

Questionado pela Lusa sobre o facto de não ter sido concedido qualquer visto mediante o critério de criação de empregos, o vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, desvalorizou a situação, já que os investimentos acabam por ter reflexo na criação de postos de trabalho.

www.entornointeligente.com

Visite tambien www.mundinews.com | www.eldiscoduro.com | www.tipsfemeninos.com | www.economima-venezuela.com | www.politica-venezuela.com | www.enlasgradas.com | www.cualquiervaina.com | www.espiasdecocina.com | www.videojuegosmania.com

Síguenos en Twitter @entornoi

Add comment

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *