PORTUGAL: Bernardo Moreira contou as suas histórias no Hot Clube - EntornoInteligente

Diario Noticias / O contrabaixista Bernardo Moreira iniciou esta terça-feira a sexta sessão do ciclo “Histórias de Jazz em Portugal”, que voltou ao Hot Clube de Portugal, em Lisboa, antes de fazer uma pausa durante os meses de verão, para regressar em setembro.

O músico esteve à conversa com os autores do ciclo, Manuel Jorge Veloso e António Curvelo, tendo contado diversas histórias que têm pontuado o seu percurso pelo jazz. Recordou, por exemplo, como a sua entrada (e a dos seus irmãos) na “cena jazz” portuguesa, com o grupo Moreira Jazztet, nos anos 1980, não foi “totalmente pacífica”. “Tínhamos um ar muito lavadinho à imagem dos irmãos Marsalis. O nosso modelo era o jazz mainstream , o que implicava um bom fato, ar esse que irritava alguma da cena jazzística , mas isso passou rapidamente porque já tocávamos alguma coisa”, recordou.

Além dos irmãos, o pai do músico é um nome ligado à história do jazz português (também ele Bernardo Moreira e também ele contrabaixista), o que certamente terá contribuído para que toda esta família se tenha dedicado a esta música. “O pai tinha aquela visão do jazz mainstream puro e duro, obrigou-nos a tocar os standards todos”, lembrou, mas sem deixar de salientar que existiam sempre “alguns desvios” a esse caminho.

Essencial no seu percurso foi também a semana em que pôde trabalhar ao lado de Wayne Shorter, no âmbito do Porto Capital Europeia da Cultura. “Mudou radicalmente a minha forma de pensar e sentir a música. Foi uma semana mágica.” Daí que, entre os exemplos musicais que contribuíram para a sua opção pelo jazz, Bernardo Moreira tenha escolhido uma gravação do tema Diana , interpretada por Wayne Shorter e Renee Rosnes.

Entre essas escolhas de referências, o contrabaixista passou ainda por temas de John Coltrane e Miles Davis. Em relação ao trompetista destacou a sua “inteligência emocional incrível e que não tem paralelo”. “O Miles era um gestor de emoções e punha os músicos do seu grupo a tocar como ninguém”, afirmou ainda.

Con Información de Diario Noticias

Add comment

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *