PORTUGAL: Assunção Cristas em Macau e China com mar e produtos portugueses na agenda - EntornoInteligente

A ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas, está em Macau no início de uma viagem pela China onde os produtos agroalimentares e o mar dominam a agenda dos contactos. Em declarações à agência Lusa, Assunção Cristas explicou em Macau que, por um lado, a sua visita à China vai envolver a promoção dos produtos portugueses como os lacticínios, os vinhos e a carne de porco, cujo processo de certificação para exportação para a China já decorre. Mas, explicou, a visita inclui também a componente Mar, como Portugal novamente virado para o Atlântico e proporcionando oportunidades não só aos empresários nacionais, mas também aos internacionais, disse. "A visita tem duas áreas temáticas relevantes. A primeira tem a ver com o setor agroalimentar e não só há uma componente já comercial para os setores e para as empresas que já têm a possibilidade de exportar para a China − e estamos a falar do vinho, estamos a falar do azeite e estamos a falar dos lacticínios em que estarão nesta altura na China cerca de 60 empresas do agroalimentar", disse. Assunção Cristas salientou que 48 das empresas portuguesas estarão presentes nas duas feiras da capital económica da China, e as restantes do setor do azeite e dos lacticínios ão empresas que vêm especificamente para, com a ajuda da AICEP, procurar ter relações mais próximas bilaterais com potenciais compradores. "Teremos também evento muito interessante que é assinatura da Viniportugal com congénere chinesa Cityshop, grupo de supermercados que fará promoção de produtos portugueses", disse. No que se refere a uma componente mais política, Assunção Cristas quer insistir em Pequim à abertura do mercado chinês aos produtos com carne de porco, um trabalho que Portugal tem vindo a desenvolver e que teve recentemente uma visita de autoridades chinesas a Portugal. Em Pequim, Assunção Cristas espera ter "um bom progresso" no processo da carne de porco. A segunda componente da visita da ministra é o mar com Assunção Cristas a explicar que a China está incluída no roteiro iniciado em junho passado na Noruega, um "roteiro para promover as oportunidades de investimento no mar em Portugal". "Portugal está de volta ao Mar e queremos vincar isso e explicar isso na China como já foi feito noutras geografias", disse a ministra ao salientar que Lisboa tem uma "estratégia clara, que tem um objetivo muito concreto que é aumentar até 2020 o peso da 'economia azul' no PIB português". A ministra portuguesa explicou que existem diversas vertentes na questão do Mar como a pesca, transformação de pescado, aquacultura, minerais, biotecnologia, turismo, construção naval ou energia renováveis, mas "todas elas" com possibilidade de Portugal "apoiar investimentos". Temos uma estratégia nacional do mar clara, temos uma arquitetura legislativa que permite dar muita segurança e muita previsibilidade aos investimentos, as pessoas sabem com o que podem contar em Portugal e depois temos um terceiro pilar que são os apoios financeiros", concluiu.