BRASIL: Recuperação judicial de empresas sobe 44,8% em 2016 para nível recorde - EntornoInteligente

OGlobo / SÃO PAULO – Os pedidos de recuperação judicial de empresas deram um salto de 44,8% em 2016 sobre o ano anterior, para 1.863 casos, recorde da série iniciada em 2006, informou nesta terça-feira a empresa de informações de crédito Serasa Experian.

Segundo os economistas da instituição, a recessão no país prejudicou a geração de caixa das empresas, que também enfrentaram crédito mais caro e escasso. Companhias como a Oi, de telecomunicações, e o estaleiro Ecovix Construções Oceânicas estão entre as que pediram proteção à Justiça em 2016.

“Assim, houve deterioração da saúde financeira das empresas brasileiras, ocasionando patamar recorde dos pedidos de recuperações judiciais”, disse a Serasa Experian.

As micro e pequenas empresas lideraram os pedidos de recuperação judicial, com 1.134 casos, seguidas pelas médias (470) e grandes (259).

Em dezembro foram registrados 145 pedidos de recuperação, alta de 22,9% ante o mês anterior, mas queda de 3,3% sobre dezembro de 2015.

AVANÇO TAMBÉM EM FALÊNCIAS

O ano passado também teve um alta de 3,9% nos pedidos de falência sobre 2015, para 1.852 casos, o maior número em quatro anos. Deste total, 994 foram de micro e pequenas empresas, 426 de médias e 432 de grandes.

Em dezembro foram 134 pedidos de falência, queda de 18,8% sobre novembro e alta de 3,9% sobre um ano antes.

tyntVariables = {“ap”:”Leia mais sobre esse assunto em “, “as”: “© 1996 – 2017. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.”}; BRASIL: Recuperação judicial de empresas sobe 44,8% em 2016 para nível recorde

Con Información de OGlobo

www.entornointeligente.com

Síguenos en Twitter @entornoi

Add comment

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *