BRASIL: Organizações de alto desempenho - EntornoInteligente

Jornal do Brasil / Transformações não começam quando as condições são piores, mas quando elas passam a ser aperfeiçoadas. O que historiadores denominam paradoxo das expectativas crescentes cria e mantém a chama da mudança, porque, efetivamente, expõe uma discrepância entre o que as pessoas têm e o que agora sentem que podem ter. 

Somente naquelas organizações onde as pessoas estão participando e seus talentos são aproveitados pode ocorrer a alguém reclamar de sua situação. Isto significa que melhorias não geram satisfações, ao contrário. Por absurdo que possa parecer, o método para julgar sua eficácia é avaliar a qualidade da insatisfação que gera.

Agregar preferências e ações individuais requer interação e ajuste recíprocos de incontáveis decisões autônomas – entre consumir e poupar, gastar e investir, desfrutar e trabalhar. A imaginação criadora nas organizações e nos negócios é exercida como convergência de três fatores: intelectual, emocional e inconsciente. 

Como fator intelectual, o trabalho está em fazer associações. A inteligência contribuirá com o poder associativo, sobretudo com o pensar por analogias. Sobre a carga afetiva, as emoções criam na imaginação a tensão que levará à expressão criativa. No entanto, a origem de novas inspirações e ideias é o inconsciente: não controlado, que fatalmente emerge na consciência de forma instantânea e brusca, inesperada e imprevisível.

Organizações de alto desempenho pressupõem que estratégias estimulem a motivação para o trabalho visando o comprometimento com resultados. Daí porque empreendem mudanças investindo no alinhamento de estruturas, processos, modelos e práticas de gestão de pessoas e recompensas, visando obter ganhos de efetividade.

* Engenheiro

BRASIL: Organizações de alto desempenho

Con Información de Jornal do Brasil

www.entornointeligente.com

Síguenos en Twitter @entornoi