BRASIL: Após volta por cima, Chapecoense concorre a dois prêmios Laureus - EntornoInteligente

OGlobo /

Recuperada da tragédia aérea de novembro de 2016, a Chapecoense representará o Brasil no Laureus de 2018. A equipe de Santa Catarina concorre em duas categorias de um dos prêmios mais importantes do esporte: a de Melhor Retorno do Ano (Laureus World Comeback of the Year) e de Melhor Momento Esportivo do Ano (Laureus Best Sporting Moment of the Year). Nessa categoria, a votação é popular e fica aberta no site do Laureus até 26 de fevereiro .

Veja também Um ano após tragédia, Chapecoense se prepara para 2018 Após tragédia, Chapecoense estreita política para fretar voos Mãe do goleiro Danilo, da Chape, homenageia o filho com memorial ‘A cicatriz da alma é a que mais dói’ Competem com a Chapecoense na categoria de Melhor Retorno o Barcelona, pela goleada por 6 a 1 sobre o Paris Saint-Germain que permitiu que o clube avançasse na Liga dos Campeões; o tenista Roger Federer, que, após uma lesão no joelho, conquistou seu quinto título do Australian Open e o oitavo de Wimbledon; o astro da Moto GP Valentino Rossi, outro que deu a volta após graves problemas físicos; a campeão mundial dos 100m Sally Pearson; e o vencedor da prova no masculino, Justin Gaitlin.

Os demais finalistas na categoria Melhor Momento Esportivo foram decididos por votações ao longo dos últimos meses no site do Laureus. Concorrem os torcedores do Iowa Hawkeyes, que se viram durante as partidas para cumprimentar crianças internadas em um hospital ao lado do estádio; o torcedor Bradley Lowery, que morreu em julho, aos seis anos, por sua amizade com o atacante inglês Jermain Defoe; o piloto Kimi Räikkönen e seu fã de 6 anos Thomas Danel; e o piloto da Fórmula 4 Billy Monger, de 18 anos, abraçado pela comunidade do automobilismo após uma grave lesão.

Os vencedores das demais categorias são decididos por membros da Laureus World Sports Academy e serão anunciados durante uma cerimônia em Mônaco, no dia 27 de fevereiro.

OS INDICADOS EM TODAS AS CATEGORIAS

Atleta do ano (masculino):

Chris Froome

Cristiano Ronaldo

Lewis Hamilton

Mo Farah

Rafael Nadal

Roger Federer

Atleta do ano (feminino):

Allyson Felix

Caster Semenya

Garbiñe Muguruza

Katie Ledecky

Mikaela Shiffrin

Serena Williams

Time do ano:

Equipe de tênis da França

Equipe de vela da Nova Zelândia

Golden State Warriors

Mercedes (Fórmula 1)

New England Patriots

Real Madrid

Revelação do ano:

Anthony Joshua

Caeleb Dressel

Publicidade

Giannis Antetokounmpo

Jelena Ostapenko

Kylian Mbappé

Sergio Garcia

Retorno do ano:

Barcelona

Chapecoense

Justin Gatlin

Roger Federer

Sally Pearson

Valentino Rossi

Momento esportivo do ano:

Aceno para as crianças (Torcedores do Iowa Hawkeyes)

Eternos Campeões (Chapecoense)

A luta do bravo Bradley (Bradley Lowery)

Quando lágrimas se tornam sorrisos (Kimi Räikkönen e Thomas Danel)

O retorno de Billy Whizz (Billy Monger)

Paratleta do ano:

Bibian Mentel-Spee

Jetze Plat

Marcel Hug

Markus Rehm

Oksana Masters

Yui Kamiji

Atleta de esportes de ação:

Anna Gasser

Armel Le Cléac’h

John John Florence

Publicidade

Mark McMorris

Nyjah Huston

Tyler Wright

BRASIL: Após volta por cima, Chapecoense concorre a dois prêmios Laureus

Con Información de OGlobo

www.entornointeligente.com

Síguenos en Twitter @entornoi

Add comment

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *