Maia admite adiar vota��o da reforma da Previd�ncia
 Inicio > Internacionales | Publicado el Viernes, 21 de Abril del 2017
Maia admite adiar vota��o da reforma da Previd�ncia


Correio Popular / Em função da forte resistência no Congresso ao texto da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já admite adiar a votação inicialmente prevista para o dia 8 de maio. "Se possível vamos votar a matéria no dia 8 de maio, se não for possível, a partir do dia 15", disse ele nesta sexta-feira, 21, em Foz do Iguaçu, onde participa do 16º Fórum Empresarial organizado pelo Grupo de Líderes Empresariais (Lide). Apesar de assumir que, hoje, o governo não tem votos suficientes para garantir a aprovação, Maia disse que não se trata de um adiamento. Segundo ele, trata-se de um "aprofundamento na articulação" junto às bancadas para uma melhor compreensão do texto entregue nesta semana pelo relator, deputado Arthur Maia (PPS-BA). "Não haverá adiamento, haverá articulação. E a votação quando estivermos a clareza da vitória. Essa não é uma matéria qualquer, que a gente pode perder no mérito. É uma matéria que é o coração do Brasil", disse. Segundo o presidente, ainda há na cabeça dos deputados e da população uma "contaminação" do texto original. "Houve a interpretação equivocada de que os pobres estavam prejudicados, e não estavam porque a vinculação do salário mínimo nunca saiu", disse. Responsável pela articulação do Planalto junto ao Congresso, o ministro da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy (PSDB-BA), descarta o termo "adiamento", mas admite que há necessidade de uma discussão mais aprofundada do texto. "É preciso maturar melhor a discussão de um texto complexo que foi entregue nesta semana." Em seu discurso, Imbassahy disse que o texto original tinha uma previsão de economia de R$ 830 bilhões em 10 anos, "duro de roer". "Tinha coisas ali que era realmente difícil de conseguir o voto do parlamentar", disse. Segundo ele, se aprovado o texto do jeito que está, depois das concessões feitas pelo governo no texto original, a economia será de 75% do valor original. Maia admite adiar vota��o da reforma da Previd�ncia

Con Información de Correio Popular

http://entornointeligente.com/articulo/9901357/Maia-admite-adiar-vota

Síguenos en Twitter @entornoi

Para mas información visite: Mundinews.com


Instagram Mi Refugio online Twitter Mi Refugio Online Facebook Mi Refugio Online Pagina Web Mi Refugio Online Pagina Web Mi Refugio Online Detener Mi Refugio Online

Si tu nombre está comprometido podemos hacerte la reputación On Line.
http://www.smart-reputation.com





Destacadas


El Informador / El Ministerio Público imputará en las próximas horas ante un tribunal de control del Área Metropolitana de Caracas (AMC) a Ángel Miguel Heredia González, de 22 años de...

Ads by Web24

Smart Reputation te ayuda a mejorar tu reputación en línea
http://www.smart-reputation.com

El Tiempo / “Recolectar tapas es más que ayudar a un niño, es un mensaje que tiene que llegar a cada casa y persona porque el plástico es muy contaminante...


La Gestion / Hoy desde las 10:00 a.m. entrevistaremos en vivo a Estela Hernández, coach docente de la PUCP quien nos ayudará a afrontar esta trampa en la que muchos jóvenes...


Caraota Digital / El finlandés Kimi Raikkonen aseguró este jueves que la escudería Ferrari no está muy lejos de Mercedes, aunque reconoció que las flechas plateadas aún tienen un leve favoritismo....

ATENCION: TODOS LOS CONTENIDOS PUBLICADOS EN ESTE SITE SON PROPIEDAD DE SUS RESPECTIVOS MEDIOS, ENTORNOINTELIGENTE NO SE HACE RESPONSABLE POR LOS CONTENIDOS DE TERCEROS. CADA NOTICIA EST� ASOCIADA AL MEDIO DE ORIGEN.
LOS AVISOS DE GOOGLE SON PROPIEDAD DE GOOGLE Y EN NINGUN MOMENTO GUARDAN RELACION CON LA LINEA EDITORIAL DEL PORTAL ENTORNOINTELIGENTE.COM