BRASIL: O risco de cortar direitos
 Inicio > Internacionales | Publicado el Viernes, 02 de Diciembre del 2016
BRASIL: O risco de cortar direitos


OGlobo / A Câmara Federal aprovou na madrugada de quarta-feira o projeto de Lei Anticorrupção. Das 10 Medidas apresentadas pelo Ministério Público, oito foram cortadas, entre as quais as propostas polêmicas de "reportante do bem", restrição ao habeas corpus, uso de provas ilícitas, teste de integridade para servidores públicos etc. E foi acrescentado o crime de abuso de autoridade por parte de promotores e juízes.

O Ministério Público sempre foi uma instituição respeitável. Ultimamente, porém, vem sofrendo um processo de politização. A Polícia Federal sempre foi mais sensível a pressões para direcionar a investigação a determinados alvos. Por isso, foi surpreendente aquele show midiático dos procuradores da Lava-Jato na acusação a Lula, quando admitiram que a prova "não era cabal", o que significa insuficiência de provas, que, por si só, justificaria a absolvição do réu.

Até agora, muitos políticos foram acusados, mas poucos investigados, a começar pelo Ministério de Temer. As prisões de Cunha e Cabral foram casos excepcionais: até as pedras da rua gritavam seus nomes!. A longa lista dos financiados pela Odebrecht, que ainda não veio à luz, vai abrir um novo capítulo pela provável impossibilidade de investigar todos os delatados, o que reforçaria o temor da "seletividade" política de que a Lava-Jato foi acusada.

Temos visto casos de abuso de poder, desde a condução coercitiva de Lula e a divulgação de gravação ilegal até o juiz de Brasília que invadiu a competência do STF para determinar buscas e prisões nas dependências do Congresso. Um dos casos mais chocantes foi a autorização do Juiz da Vara da Infância e Juventude do Distrito Federal para a Polícia Militar desocupar uma escola cortando água e luz, proibindo entrada de alimentos e determinando o "uso de instrumentos sonoros contínuos, direcionados ao local da ocupação, para impedir o período de sono". Ou seja, o juiz autorizou a tortura. Os antigos romanos já se preocupavam com abuso de poder: "Quem guarda os guardas?" (Juvenal, "Sátiras")

Eis o problema: os direitos assegurados na Constituição estão ameaçados por decisões do governo, do Legislativo e do próprio Judiciário. O STF aboliu a presunção de inocência em votação desempatada pela presidente, ignorando o princípio in dubio pro reo . A PEC do teto de gastos por 20 anos, aprovada no Senado, corta direitos e não prevê nenhuma medida de sacrifício ao "andar de cima", como taxação de grandes fortunas e herança, reforma tributária progressiva, combate à sonegação etc., a exemplo do que ocorreu em ajustes fiscais de outros países.

É possível combater a corrupção sem suprimir direitos. Cortar direitos não é solução para o equilíbrio de contas, a impunidade ou a lentidão da Justiça. Longe disso, é o caminho que historicamente levou ao Estado policial das tiranias. Este, sim, é o maior dos males que uma democracia deve temer.

Liszt Vieira é professor da PUC-Rio e foi defensor público, e Mariza Cassús é defensora pública

tyntVariables = {"ap":"Leia mais sobre esse assunto em ", "as": "© 1996 - 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização."}; BRASIL: O risco de cortar direitos

Con Información de OGlobo

http://entornointeligente.com/articulo/9336035/BRASIL-O-risco-de-cortar-direitos

Síguenos en Twitter @entornoi

Para mas información visite: Mundinews.com


Smart Reputation te ayuda a mejorar tu reputación en línea
http://www.smart-reputation.com





Destacadas

Francisco Javier Velasquez URUGUAY: Human Rights Watch denuncia fraude en elecciones de Honduras
Francisco Velasquez El fin de un año excepcional para el Ballet del Sodre
Francisco Javier Velasquez Ser bondadoso no siempre es beneficioso en el ámbito laboral
Francisco Velasquez Pedidos del Mercosur son ignorados por UE por lo que no avanza negociación para TLC
Francisco Velasquez La final de MasterChef y la xenofobia uruguaya
Francisco Velasquez Emergencia humanitaria en Venezuela: hay 280.000 niños desnutridos que podrían morir en los próximos meses
Francisco Velasquez Así es "Star Wars: Los últimos Jedi"
Tomas Elias Gonzalez El golazo de Ronaldinho desde antes de mitad de cancha
Francisco Velasquez Estos son los nominados a los Premios Goya 2018
Victor Gill Chris Froome dio positivo en la Vuelta a España
Francisco Velasquez Horóscopo: cómo te irá en el trabajo durante el 2018
Tomas Elias Gonzalez Benitez Sin Senos Sí Hay Paraíso: Carmen Villalobos ya graba la nueva temporada en Miami [FOTOS]

The National Works Agency (NWA) is advising extreme caution along some roads in Trelawny. Heavy rains had left some roads impassable, last evening. The NWA said the road between Duncans...


Policiais federais cumprem mandados judiciais - autorizados pelo Supremo Tribunal Federal - na Câmara dos Deputados, em gabinetes de dois parlamentares do Tocantins. Os agentes chegaram bem cedo e foram...


El Pais / Este martes, y después de tres meses de surtido el proceso licitatorio, la Secretaría de Infraestructura del departamento adjudicó en audiencia pública la construcción del tramo Cavasa -...


El Pais / El presidente del Icetex, Andrés Eduardo Vásquez, entregó su carta de renuncia al presidente de la República, Juan Manuel Santos, argumentando razones personales.Sin embargo, se habla de que...

ATENCION: TODOS LOS CONTENIDOS PUBLICADOS EN ESTE SITE SON PROPIEDAD DE SUS RESPECTIVOS DUENOS, ENTORNOINTELIGENTE NO SE HACE RESPONSABLE POR LOS CONTENIDOS DE TERCEROS. CADA NOTICIA ESTA ASOCIADA AL MEDIO DE ORIGEN.
LOS AVISOS DE GOOGLE SON PROPIEDAD DE GOOGLE Y EN NINGUN MOMENTO GUARDAN RELACION CON LA LINEA EDITORIAL DEL PORTAL ENTORNOINTELIGENTE.COM