BRASIL: Multa da repatriação: verba pode entrar na renegociação de dívidas dos estados
 Inicio > Internacionales | Publicado el Miercoles, 30 de Noviembre del 2016
BRASIL: Multa da repatriação: verba pode entrar na renegociação de dívidas dos estados


OGlobo / BRASÍLIA - O relator do projeto que renegocia as dívidas dos estados com a União, senador Armando Monteiro (PTB-PE), afirmou nesta quarta-feira que poderá incluir a partilha da multa da repatriação na proposta, desde que a negociação seja feita com rapidez, antes da votação em plenário. O governo tem encontrado resistência dos estados em relação às contrapartidas exigidas para que o montante arrecadado com as multas no programa de repatriação de recursos no exterior seja dividido com os governadores. O valor que cabe aos estados é de cerca de R$ 5 bilhões.

Veja também Petrobras dispara com petróleo e faz Bolsa subir 2,21% Opep fecha acordo para cortar produção de petróleo, diz agência Em queda há sete trimestres, PIB encolhe 0,8% de julho a setembro PIB: taxa de investimento no 3º tri cai ao menor nível em 13 anos

Amanhã, uma nova reunião está marcada entre Ministério da Fazenda e secretários dos estados para tentar chegar a um consenso. Os governadores querem que a partilha da multa e as exigências de arrocho fiscal sejam tratadas separadamente e deixem de ser contrapartidas. Monteiro afirmou que essas exigências podem ser incluídas no novo projeto, além das já existentes, caso se chegue a um consenso de forma célere.

As medidas pedidas pela União são ainda mais duras do que as exigidas na renegociação das dívidas. O governo quer, por exemplo, que os governadores obedeçam um teto para os gastos por dez anos. No projeto de renegociação, o prazo é de dois anos.

— Se houver um acordo já, que consagre a ideia de contrapartidas que possam ir além das minhas, porque não considerá-las? Se não há acordo, se há um impasse, nós vamos ter que votar o nosso relatório — disse Monteiro, após reunião com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

O relator se reuniu com Meirelles nesta quarta-feira para mostrar as mudanças feitas no projeto original. Ele reintegrou ao texto as contrapartidas de ajuste fiscal retiradas durante a tramitação na Câmara dos Deputados.

O projeto de renegociação prevê o alongamento das dívidas dos estados com a União por 20 anos. Em troca, o governo havia pedido uma série de contrapartidas de arrocho nas contas. Todas elas caíram no plenário da Câmara, com exceção de um teto para os gastos por dois anos.

Entre as exigências que caíram e foram reintegradas por Monteiro estão, por exemplo, a proibição de reajustes a servidores e novas contratações por dois anos, a unificação do critério de contabilização de despesa de pessoal e o corte de comissionados.

Publicidade

Segundo o senador, o ministro e muitos senadores da base concordam que a exigência de contrapartidas é importante no processo de renegociação.

— Não adianta você renegociar, dar dinheiro novo, acessar recursos de caráter extraordinário sem que se crie uma disciplina, um regime de austeridade no país. Não há regime fiscal novo se todos os entes da federação não ficarem submetidos a uma disciplina — disse.

Ele ponderou, no entanto, que as contrapartidas podem não ser aprovadas exatamente da forma como estão no relatório e que é possível "calibrá-las". Ele reconheceu ainda que há resistência em relação ao texto e que não é possível garantir uma votação fácil.

tyntVariables = {"ap":"Leia mais sobre esse assunto em ", "as": "© 1996 - 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização."}; BRASIL: Multa da repatriação: verba pode entrar na renegociação de dívidas dos estados

Con Información de OGlobo

http://entornointeligente.com/articulo/9327392/BRASIL-Multa-da-repatriaccedil;atilde;o-verba-pode-entrar-na-renegociaccedil;atilde;o-de-diacute;vidas-dos-estados

Síguenos en Twitter @entornoi

Para mas información visite: Mundinews.com


Instagram Mi Refugio online Twitter Mi Refugio Online Facebook Mi Refugio Online Pagina Web Mi Refugio Online Pagina Web Mi Refugio Online Detener Mi Refugio Online

Todas las noticias del mundo te esperan en este novedoso boletín. Suscríbete!!!
http://www.entornointeligente.com





Destacadas

Tomas Gonzalez VENEZUELA: Dayana Mendoza sorprende en Instagram con foto en bikini
Tomas Elias Gonzalez Benitez FIFA suspendió de por vida a Rafael Esquivel por corrupción
Victor Gill Liga de La Justicia tiene el peor debut de DC Comics
Tomas Elias Gonzalez Benitez Banco del Tesoro se incorporará esta semana al sistema de pago móvil interbancario
Francisco Javier Velasquez VENEZUELA: Así desfiló Keysi Sayago en las preliminares del Miss Universo 2017
Francisco Velasquez En Marlboro pagan Bs. 30 mil por una cisterna cada quince días
Gonzalo Morales Apple no llega a tiempo con su altavoz inteligente HomePod para la Navidad
Francisco Velasquez Cristian Castro aclara rumores sobre su sexualidad
Tomas Gonzalez Ledezma recogerá el Sájarov en nombre de la oposición
Tomas Gonzalez Google vuelve a bajar los precios de sus servicios ‘cloud’

Noticia Al Dia / El show en el Mercedes-Benz arena de Shanghái tuvo algunos contratiempos. Una caída del sistema provocó un retraso en la entrada de miles de invitados y, con...


Caraota Digital / Franyelis Sepúlveda, de 20 años, fue detenida por funcionarios del Cuerpo de Investigaciones Científicas Penales y Criminalísticas (Cicpc), luego de que una vecina la sorprendiera en el momento...


La Verdad de Vargas / Photo Credit To Cortesía La rubia cantante de potente voz rindió un merecido homenaje a la fallecida Whitney Houston, en el escenario de los American Music...


El Carabobeno / Tres antiguos responsables del fútbol mundial, entre ellos Rafael Esquivel y Julio Rocha, que se declararon culpables por corrupción ante la justicia estadounidense, fueron suspendidos de por vida...

ATENCION: TODOS LOS CONTENIDOS PUBLICADOS EN ESTE SITE SON PROPIEDAD DE SUS RESPECTIVOS DUENOS, ENTORNOINTELIGENTE NO SE HACE RESPONSABLE POR LOS CONTENIDOS DE TERCEROS. CADA NOTICIA ESTA ASOCIADA AL MEDIO DE ORIGEN.
LOS AVISOS DE GOOGLE SON PROPIEDAD DE GOOGLE Y EN NINGUN MOMENTO GUARDAN RELACION CON LA LINEA EDITORIAL DEL PORTAL ENTORNOINTELIGENTE.COM