BRASIL: Secretário da Fazenda defende reforma administrativa
 Inicio > Internacionales | Publicado el Miercoles, 19 de Octubre del 2016
BRASIL: Secretário da Fazenda defende reforma administrativa


OGlobo / BRASÍLIA - O secretário de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda, Mansueto Almeida, defendeu, nesta quarta-feira, uma reforma administrativa no serviço público. Ele afirmou que algumas carreiras têm salários iniciais muito elevados, numa faixa de R$ 25 mil, algo que praticamente não existe no setor privado e que tem impacto sobre as contas públicas.

— Vamos ter que melhorar os incentivos e os níveis inicial e final dos salários das carreiras. Tem incentivos (remuneratórios) que precisam ser revistos. Tem carreira que em nível inicial tem salário de R$ 25 mil — disse Almeida.

Ele lembrou que isso será necessário, especialmente com a entrada em vigor de um teto para os gastos públicos. O secretário destacou que, se a proposta de emenda constitucional (PEC) 241 for aprovada, ela vai definir punições para os poderes caso os gastos extrapolem o limite fixado. Entre as penalidades estão a proibição de reajustes para o funcionalismo, a realização de concursos públicos e a concessão de subsídios e incentivos tributários.

— E tudo isso (punições) vai ter que ser aplicado de uma única vez até que as despesas voltem para o teto. O espaço fiscal vai ser muito menor para se conceder reajuste para o salário do funcionário público. O governo vai ter que fazer escolhas — afirmou ele.

Almeida disse ainda que a regra da PEC, pela qual os gastos públicos só poderão crescer com base na inflação do ano anterior, certamente será revista depois de um prazo de 10 anos. A emenda prevê um prazo de duas décadas, mas permite ao presidente da República mudar a correção no décimo ano. Segundo o secretário, o reequilíbrio das contas públicas pode ocorrer mais cedo, mas isso ainda não está no radar agora.

— Se a economia se recuperar mais rapidamente e conseguirmos fazer o ajuste antes, teremos um bom problema para discutir lá na frente. Mas, agora, um prazo de 10 anos me parece razoável. O presidente poderá mudar a regra e com certeza vai mudá-la.

tyntVariables = {"ap":"Leia mais sobre esse assunto em ", "as": "© 1996 - 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização."}; BRASIL: Secretário da Fazenda defende reforma administrativa

Con Información de OGlobo

http://entornointeligente.com/articulo/9117206/BRASIL-Secretaacute;rio-da-Fazenda-defende-reforma-administrativa

Síguenos en Twitter @entornoi

Para mas información visite: Mundinews.com


Instagram Mi Refugio online Twitter Mi Refugio Online Facebook Mi Refugio Online Pagina Web Mi Refugio Online Pagina Web Mi Refugio Online Detener Mi Refugio Online

En Smart-Reputation.com tenemos la solución para mejorar tu reputación on line.
http://www.smart-reputation.com





Destacadas

Tomas Elias Gonzalez Benitez Casa Blanca dice que medios de comunicación deslegitiman a Trump
Victor Gill Ramirez BOLIVIA: Trump responde a las marchas en su contra: ¿Por qué no votaron? | Los Tiempos
Francisco Velasquez Trump reacciona tras las protestas de las mujeres en su contra
Francisco Velasquez ARGENTINA: Trump visitó la CIA y negó tensiones con la inteligencia de su país
Gonzalo Morales PERÚ: Kristen Stewart cree que Trump estuvo obsesionado con ella
Tomas Elias Gonzalez Luis Gnecco: "Neruda no compartiría la grosería de Trump"

El Informador / CIUDAD DE MÉXICO (22/ENE/2017).- Los ataques de los ciberdelincuentes son cada vez más sofisticados y convincentes para confundir a los usuarios con el objetivo de que comprometan su...


Version Final / El presidente de la Asamblea Nacional (AN), Julio Borges , negó que exista una investigación administrativa contra el diputado Henry Ramos Allup por su gestión durante el 2016....


Tal Cual / Hizo un llamado a la dirigencia opositora a enfrentar al gobierno de Nicolás Maduro el cual es una dictadura, algo sobre lo que no puede haber dudas según...


El Informador / SAO PAULO, BRASIL (22/ENE/2017).- Las autoridades brasileñas confirmaron 47 casos de fiebre amarilla y 25 muertes por la enfermedad. El Ministerio de Salud informó que además investiga más...

ATENCIÓN: TODOS LOS CONTENIDOS PUBLICADOS EN ESTE SITE SON PROPIEDAD DE SUS RESPECTIVOS DUEÑOS, ENTORNOINTELIGENTE NO SE HACE RESPONSABLE POR LOS CONTENIDOS DE TERCEROS. CADA NOTICIA ESTÁ ASOCIADA AL MEDIO DE ORIGEN.
LOS AVISOS DE GOOGLE SON PROPIEDAD DE GOOGLE Y EN NINGÚN MOMENTO GUARDAN RELACION CON LA LÍNEA EDITORIAL DEL PORTAL ENTORNOINTELIGENTE.COM